PUBLICIDADE
Topo

Vinhos são armazenados em garrafas de diferentes formatos. Saiba o motivo

iStock/Getty Images
Imagem: iStock/Getty Images

De Nossa

19/06/2020 12h43

Não é só o tipo de uva, países de origem, safras e preços que importam quando se escolhe um vinho. Já notou a diferença entre os formatos de garrafas?

Jonas Martins, sommelier e gerente comercial da MMV Importadora de Vinhos, explica que, ao contrário do que muitos podem pensar, essa variedade nada tem a ver com conservação ou melhor forma de envasamento. "A verdade é que a garrafa normalmente é relacionada com a região de origem das uvas", entrega.

Bordalesa

A garrafa mais comum é, normalmente, encontrada em vinhos Merlot, Cabernet Sauvignon e Sauvignon Blanc, cujas uvas são originárias da região de Bordeaux, no sudoeste da França. O bojo é longilíneo e uniforme e termina no ombro da garrafa, na divisão entre o corpo e gargalo.

A garrafa Bordalesa é a mais tradicional - Divulgação - Divulgação
A garrafa Bordalesa é a mais tradicional
Imagem: Divulgação
Exemplo de garrafa Borgonhesa - Divulgação - Divulgação
Exemplo de garrafa Borgonhesa
Imagem: Divulgação

Borgonhesa

Esta é encontrada em vinhos da região de Borgonha, no norte da França, como o Chardonnay e Pinot Noir. A garrafa é alargada em sua base e vai se afunilando ao longo do seu bojo até o pescoço e gargalo da garrafa.

Outros tipos

Jonas ressalta que existem também outros tipos de garrafas, sempre respeitando a região da origem das uvas, como a Renana, do Reno, a Champanhe e a garrafa do Porto.

A garrafa do Inserrata Inusuale, produzido em uma vinícola orgânica na Toscana, Itália, por exemplo, se assemelha a uma garrafa de azeite, na busca dessa quebra de paradigma que a linha oferece.

Buraco no fundo se diferencia

Um fato curioso é o "tamanho" do buraco no fundo das garrafas. Existe um mito de que, quanto maior o furo, melhor o vinho, por conta de algum efeito de conservação mais apropriada.

Jonas explica que isso é uma "meia verdade". Tais garrafas são mais caras e logo os produtores normalmente envasam seus melhores vinhos nessas garrafas, porém não há nenhum efeito sobre a qualidade do vinho a não ser o estético.