PUBLICIDADE
Topo

Apê colorido de Magá Moura traz sua história: "Tudo que tenho foi sonhado"

Magá Moura em sua cozinha cor de rosa - Arquivo pessoal
Magá Moura em sua cozinha cor de rosa Imagem: Arquivo pessoal

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

18/06/2020 04h00

Quem vê a vida colorida e alto-astral da influencer e estilista Magá Moura, de 32 anos, nem imagina o quanto foi difícil construir essa realidade. Não teve mágica, nem aqueles desafios tik-tokers de tudo mudar em um piscar de olhos.

A baiana chegou a São Paulo 22 anos atrás, vindo de Irará, interior da Bahia. Ela, a mãe e as três irmãs chegaram à capital paulista e foram morar em uma casa de um cômodo na periferia. "Dormíamos no chão. Era uma sala e um banheiro."

Ainda assim, viram a mãe, que tinha sido empregada doméstica, crescer na vida. "Ela era costureira também, trabalhou em ateliê, atendia mulheres ricas. Um dia, ousou e abriu o dela no Itaim Bibi. Isso mudou meu destino. Comecei a costurar e entrei na linha".

Com o trabalho suado, elas se mudaram para uma casa de nove ambientes no Itaim, uma transformação de vida resumida aqui - mas que daria um livro. Magá estudou Relações Públicas e foi contratada em uma multinacional. Mas o mundo corporativo não era para ela.

Veio a ideia de estudar marketing de moda em Londres - com a grana da rescisão, ela foi. "Londres me tirou da caixa", diz ela, que encantou fotógrafos com seu estilo colorido e provocante na Fashion Week da cidade inglesa. "Era 2014, eu estava com trança rosa e acessórios kitsch e eles perguntavam se eu era famosa no Brasil", ri.

A virada da blogueira do cabelo colorido

Magá Moura - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Bancada de refeições
Imagem: Arquivo pessoal
Magá Moura - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Detalhe da sala de estar
Imagem: Arquivo pessoal

Há seis anos ela se identifica com a profissão de blogueira, influencer, agora instagrammer. O cabelo muda dependendo do humor. O estilo absorve tudo o que é irreverente, ousado. Magá, que é Margareth no RG e Magavilhas nas redes sociais, tem também sua marca própria de moda, que será lançada ainda neste ano.

Mas é a Magá influencer que bancou a casa própria. Seguindo o exemplo da mãe, ela diz ter trabalhado muito para conquistar este apê. "Ela sempre falou para tomarmos propriedade da nossa vida. Lutar pelo que é nosso, investir", conta Magá.

O apê próprio

Quando veio a vontade de sair de casa - ela foi a última das filhas a fazer isso - surgiu este apê no centro de São Paulo, novinho, de 60 m². "Precisava deixar com minha cara. Tudo o que tenho aqui foi muito sonhado a vida toda. O banheiro tem ofurô, é muito estiloso. A pia rosa, os quadros, tudo tem história", diz ela, suspirando.

Magá Moura - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Bigu na pia do banheiro
Imagem: Arquivo pessoal
Magá Moura - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Detalhe da sala de estar
Imagem: Arquivo pessoal

Um dos dois quartos se tornou o closet que ela sonhava. É aberto à sala, que tem cozinha e varanda integradas. Ali ela também se exercita, faz lives e reuniões virtuais.

"Tudo tem minha personalidade aqui. E com a quarentena comecei a vivenciar minha casa, antes ficava muito fora. Agora, vou ficar aqui até a vacina sair."

Magá não tem frescura. Veja no instagram @magavilhas que ela ama limpar a casa, faz isso todos os dias. Com os felinos Bigu e Ramon, mostra todos os cantinhos, desde cedo. "Sair da cama sem arrumar não dá, a energia não roda. Amo esse lugar, é meu templo. E templo é para ser cuidado".

@ que me inspiram

@aishambikila

Aisha é jovem, atriz, dançarina, tem potência vocal maravilhosa, é uma mulher muito incrível, gigante nas atitudes e coerente. Ela me inspira muito.

@joiceberth

Joice é escritora, colunista e arquiteta. O que me inspira são seus textos com reflexão e aprendizados, que me abrem olhos aos abusos mínimos que podemos sofrer