PUBLICIDADE
Topo

Essa roupa tem história: "Não acreditava em brechós até achar esse casaco"

Vinícius Francisco Alencar com o casaco de veludo azul-marinho encontrado em brechó - Arquivo Pessoal
Vinícius Francisco Alencar com o casaco de veludo azul-marinho encontrado em brechó
Imagem: Arquivo Pessoal

Maria Carolina Gimenez

Colaboração para Nossa

11/05/2020 04h00

Vinícius Francisco Alencar

Vinícius Francisco Alencar

Profissão

Jornalista

Minha roupa com história

Casaco de veludo azul-marinho comprado em um brechó no Largo do Arouche, em São Paulo

Minha roupa com história é um casaco alongado de veludo molhado azul-marinho, que achei sem querer em um brechó, em São Paulo.

Não sou uma pessoa de brechós, raramente entro em um, e era muito cético até encontrar esse casaco de veludo azul-marinho. Eu estava procurando, na verdade, uma roupa para uma festa temática de aniversário e encontrei ele sem querer, perdido em uma arara cheia de vestidos dos anos 1980.

Sempre me perguntam onde exatamente o achei e, acreditem, foi em um brechó sem nome, embaixo do Minhocão, na região central de São Paulo, perto do Largo do Arouche.

É clichê falar isso, mas foi realmente amor a primeira vista e eu sabia exatamente como iria usá-lo. Tanto, que amo verão, mas torço para fazer um friozinho e eu poder tirá-lo do armário.

Além de ter sido super barato, ele sempre acaba ganhando elogios, fico pensando como era a dona ou dono dele anterior. E como eles deviam usar. Tenho certeza que essa peça vai me acompanhar para sempre e ainda irá colecionar umas boas novas histórias ao meu lado!

Como eu uso

Toque a mais

Como ele é interessante por si só, a base acaba sendo sempre uma t-shirt básica e jeans, já que o veludo tem o poder de deixar tudo com uma cara de "mais mais".

Total White

Outra forma que gosto bastante é usar com um look total white e deixar ele, mais uma vez, como protagonista.