PUBLICIDADE
Topo

Coronavirus: casamentos de cinema viram pesadelo de noivos na pandemia

Lari e Marcelo em vinícola de Mendoza, na Argentina, onde realizariam o casamento em maio: sonho transferido para 2021 - Arquivo pessoal
Lari e Marcelo em vinícola de Mendoza, na Argentina, onde realizariam o casamento em maio: sonho transferido para 2021
Imagem: Arquivo pessoal

Rachel Verano

Colaboração para Nossa

26/04/2020 04h00

Em janeiro deste ano, a cantora Mariana Rios e seu noivo, o empresário Lucas Kalil, embarcaram para St. Moritz, um dos cantos mais exclusivos e badalados dos Alpes Suíços, para uma missão especial. Acompanhados de Babi Leite, um dos grandes nomes da organização de festas de luxo do Brasil, o casal visitou bufês, conheceu fornecedores e escolheu o cenário para dizer o tão esperado SIM no próximo mês de julho, diante de 200 convidados: bem no topo da montanha, com uma vista arrebatadora dos famosos picos alpinos dos arredores.

Lucas e Mariana cancelaram a festa St. Moritz e planejam plano B em Araxá (MG) - Arquivo pessoal
Lucas e Mariana cancelaram a festa St. Moritz e planejam plano B em Araxá (MG)
Imagem: Arquivo pessoal
Com o vestido que sempre imaginou já em mãos e prestes a enviar os convites, Mariana conta que, de uma hora para a outra, viu o sonho simplesmente virar fumaça. "Em julho de 2019, viajamos para St. Moritz e foi amor à primeira vista. Eu e Lucas ficamos com uma vontade imensa de fazer o casamento lá!", diz a cantora, que, depois de ter que cancelar tudo, planeja fazer uma comemoração em Araxá, no interior de Minas Gerais, sua cidade natal, quando a poeira baixar. "Mas tudo na vida passa, não seria diferente agora. Acredito que esse é o momento de olharmos com carinho uns para os outros e resgatar tudo aquilo que perdemos."

Com a proibição de aglomerações e o isolamento social imposto pela pandemia do coronavírus, noivos do mundo inteiro viram os planos de subir ao altar sofrerem mudanças drásticas da noite para o dia. Quando se trata de destination weddings - modalidade em que as comemorações são realizadas em destinos diferentes daqueles onde vivem os noivos, envolvendo grandes planos de viagem -, a frustração costuma ser ainda maior.

Planejados com meses (muitas vezes anos) de antecedência, eles envolvem preparativos minuciosos à distância, viagens de inspeção e uma grande expectativa não apenas dos noivos, mas também dos convidados.

"No primeiro momento ninguém quis acreditar", diz a wedding planner Juliana Mamede, da Tuscanyblu, moradora de Florença, na Itália, há 12 anos, e grande especialista em casamentos na Toscana. Das 29 comemorações que tinha na agenda para este ano, 19 sofreram mudanças imediatas. "Já tinha vários casamentos prontos, com tudo pago! É tudo muito incerto, uma frustração muito grande!".

A seguir, relatos de noivos brasileiros que tiveram que cancelar seus destination weddings da noite para o dia, em cenários que vão de uma praia deserta na Bahia a um anfiteatro debruçado sobre o mar em Ibiza, na Espanha.

Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal
Rafaella e Andreas Cavaca Neumann
de Foz do Iguaçu e Munique (Alemanha)

Cenário do casamento: um castelo na região de Chianti, na Itália
Número de convidados: 200
Quando seria: em junho
O que fizeram: adiaram para junho de 2021

Como foi: a paranaense Rafaella tinha os planos traçados para o futuro próximo nos mínimos detalhes: com um vestido branco de ares campestres, subiria ao altar estrategicamente posicionado no alto de uma colina, com vista para o secular Castello di Meleto e para os famosos vinhedos de Chianti, ao som de "Perfect Simphony", dueto de Ed Sheeran e Andrea Bocelli. Depois de três dias de festas com amigos e familiares de 16 países, seria a vez de comemorar o casamento de uma de suas melhores amigas, ali nos arredores e com vários convidados em comum - tudo combinado com meses de antecedência. Já tinha emitido as passagens para o cabeleireiro, o maquiador, o DJ e três fotógrafos saírem do Brasil especialmente para a ocasião. Depois, se dedicaria a outro sonho: ter filhos. "Tenho 38 anos, não posso esperar muito mais", diz ela, que agora cogita antecipar a ideia de ser mãe. "Tudo mudou de repente, não sei o que fazer. Foi muito triste, eu já tinha começado a distribuir os convites e até presentes já tinha recebido."

PALAVRA DE EXPERT

Não é fácil trocar de repente um casamento no Caribe ou no México, por exemplo, por um na Bahia; é começar um sonho novo da noite para o dia, e isso gera muita frustração."
Edda Ugolini Bauder, da Boutique de 3

Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal
Juliana Hasegawa e Marcelo Reis
de São Paulo

Cenário do casamento: a praia de Santo André, na Bahia
Número de convidados: 250
Quando seria: no final de março
O que fizeram: trocaram dois dias de festança no Nordeste por uma live no cartório em São Paulo, com máscaras obrigatórias (e adiaram a comemoração para setembro deste ano)

Como foi: no último dia 5 de março, Juliana acordou cedo e saiu de casa para fazer prova de maquiagem, de cabelo, de vestido. A meras três semanas do dia do casamento, já estava se dedicando aos ajustes finais. O que ela não esperava é que, naquele mesmo dia, teria um jantar decisivo com o noivo cujo desfecho seria cancelar tudo. "Fui dormir chorando, mas achando que era realmente o melhor para a segurança de todo mundo", diz a publicitária. "Sem contar no risco para a vila, que não tem nem hospital." No dia seguinte, em meio à evacuação do edifício onde trabalha e o decreto de home office graças a um caso de covid-19 diagnosticado no local, Juliana começou a avisar os amigos e a cancelar todos os serviços contratados - naquela altura, já totalmente pagos. Marcelo, que é redator, escreveu uma carta emocionada aos amigos comunicando a nova data. Com o casamento civil já marcado, o jeito foi comemorar a cerimônia com uma live com os amigos - e de máscara, exigência do cartório.

PALAVRA DE EXPERT

O setor de eventos foi o primeiro a parar e vai ser o último a voltar! Mas é preciso manter o otimismo até para não baixar o astral dos nossos clientes."
Roberto Cohen, do Cohen Cerimonial

Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal
Lari Duarte e Marcelo Lima
do Rio de Janeiro e de São Paulo

Cenário do casamento: os vinhedos de Mendoza, na Argentina
Número de convidados: 150
Quando seria: em maio
O que fizeram: adiaram para abril de 2021

Como foi: amantes de vinho, a influencer carioca Lari Duarte e seu noivo Marcelo sempre viajam para fazer enoturismo, de Bordeaux à Toscana, passando por destinos da América do Sul. Não foi sem razão que escolheram os belos vinhedos de Mendoza, na Argentina, com os picos nevados da Cordilheira dos Andes ao fundo, como o cenário perfeito para trocarem alianças. Há um ano e meio o casal planejava cada detalhe - a decoração seria com flores coloridas, com um arco seria posicionado estrategicamente com vista para os vinhedos. Todo o roteiro já estava ensaiado e até as experiências extras que ofereceriam aos convidados já haviam sido definidas: um almoço no dia anterior com grandes mesas espalhadas no meio das parreiras e uma degustação em três vinícolas com os casais de padrinhos. "Em fevereiro fomos até lá fazer as degustações e fechar os últimos detalhes. Ter que mudar tudo foi um balde de água fria", diz Lari. "Mas tudo tem um lado bom: acabei ficando aliviada e ganhei mais um ano para curtir os preparativos."

PALAVRA DE EXPERT

Diante de uma pandemia com estas proporções, o alívio de conseguir adiar acaba sendo maior do que a reversão da expectativa."
Babi Leite, da Babi Leite Eventos

Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal
Adriana Sesti Paz e Thiago Amar
de Porto Alegre e do Rio de Janeiro

Cenário do casamento: um anfiteatro debruçado sobre o mar em Ibiza, na Espanha
Número de convidados: 100
Quando seria: em junho
O que fizeram: depois de tentarem cancelar e não conseguirem o reembolso, adiaram os planos de engravidar este ano e também as comemorações para o final de maio de 2021

Como foi: um passeio de barco ao pôr do sol. Uma festa em um beach club. A cerimônia em si em um anfiteatro debruçado sobre o azul do Mediterrâneo. Por fim, uma balada com um grande DJ numa das famosas discos de Ibiza. Durante três dias, Adriana e Thiago tinham planos de se esbaldar no clima de verão da famosa ilha espanhola com os 100 convidados que atravessariam o Atlântico com eles. Com o avanço da pandemia, às vésperas de uma viagem com as 20 melhores amigas, Adriana se viu diante do desafio de ter que cancelar tudo, inclusive a despedida de solteira, que seria em uma praia de Santa Catarina. "Eu não queria acreditar, fiquei com muita raiva", diz a dentista. "Isso afetou não apenas o casamento, mas a vida que vinha depois - tínhamos planos de comprar um apartamento e ter filhos logo, agora está tudo adiado!"

PALAVRA DE EXPERT

Tenho certeza que, depois desta experiência tão extrema, as festas vão ser mais calorosas, as pessoas vão valorizar muito mais estes momentos!"
Paloma Horta, da Rockstage Produções

Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal
Francielle Barros e Fábio Baracat
de São Paulo

Cenário do casamento: uma vila medieval na Toscana, na Itália
Número de convidados: 50
Quando seria: em setembro
O que fizeram: adiaram para setembro de 2021

Como foi: Fran sempre sonhou com um casamento de princesa, desses clássicos, em um cenário de contos de fadas. Quando colocou os pés no Il Borro, uma vila medieval que pertence à famosa família Ferragamo (ligada ao mundo da moda), no interior da Itália, não teve dúvidas de que estava diante da realização de seu maior desejo. Começou, então, a contagem regressiva e todos os preparativos. A escolha da decoração, em branco e verde. A difícil tarefa de encontrar uma estilista que tivesse a sua cara. A escolha das músicas. "Finalmente, já estava tudo escolhido e eu, que sou bem sonhadora, só ficava imaginando todos os detalhes", diz a engenheira. "O primeiro jantar seria ao ar livre, em frente à igrejinha. A festa, no jardim lindo da vila principal. Foi muito triste ter que cancelar tudo. A gente planeja tanto, quer que tudo saia muito à risca."