PUBLICIDADE
Topo

Nossa Cozinha

Fabricantes de bebidas fornecem álcool para a produção de desinfetantes

Aumento de demanda por álcool levou grandes fabricantes de bebidas a cederem produção para ajudar no combate à covid-19 - Allan Carvalho/Agif/Estadão Conteúdo
Aumento de demanda por álcool levou grandes fabricantes de bebidas a cederem produção para ajudar no combate à covid-19 Imagem: Allan Carvalho/Agif/Estadão Conteúdo

De Nossa

24/03/2020 15h51

O aumento da demanda por desinfetantes levou tradicionais fabricantes de bebidas a fornecerem álcool para hospitais, ONGs, e governos com o intuito que o produto seja aproveitado na produção de itens de limpeza. As empresas buscam auxiliar no combate ao novo coronavírus em todo o mundo.

Na Alemanha, a produtora do destilado Jägermeister forneceu cerca de 50 mil litros de álcool para clínicas da cidade de Brunsvique. Já a cervejaria Beck's Brewery voltou a linha de produção para a fabricação de desinfetantes.

A Diageo, fabricante do whisky Johnnie Walker, da vodka Smirnoff e da cerveja Guinness, fez a doação de dois milhões de litros de álcool puro a diversos países; a distribuição foi para a Irlanda, os Estados Unidos, a Índia, a Itália, a Austrália, o Quênia e o Brasil.

A Pernod Ricard, especializada em vinhos, forneceu 70 mil litros de álcool na França. Já a Bacardi, conhecida pelo rum, entregou mais de meio milhão de garrafas a comunidades e ONGs em Porto Rico.