PUBLICIDADE
Topo

Quanto custou: as pechinchas e os luxos de uma viagem a dois em Praga

iStock
Imagem: iStock

Adriana Setti

Colaboração para Nossa

12/03/2020 04h00

Adriana Setti

Adriana Setti

A viajante

É jornalista, autora do livro "De Mala e Cuia - Tudo o que você precisa saber para morar, estudar, trabalhar e se divertir na Europa", e mora em Barcelona, na Espanha, desde 2000.

Quanto morreu

O custo total da viagem de seis dias foi de R$4731,88, para duas pessoas.

Visitei Praga pela primeira vez no ano 2000 e tive a sensação de que, nessas últimas duas décadas, a Terra girou com o dobro da velocidade por lá. Desde que nos vimos pela última vez, a República Tcheca entrou para a União Europeia (em 2004) e a capital do país tornou-se uma das dez cidades mais visitadas do Velho Continente, recebendo 7 milhões de turistas estrangeiros ao ano!

Estava mais do que na hora, portanto, de rever o lugar que tinha feito minhas pernas tremerem, com seu ar levemente sinistro e suas torres góticas apontando ao céu.

Se por um lado hoje em dia é preciso ter alma de gladiador para disputar espaço entre milhares de turistas na Old Town, a boa notícia é que Praga está mais bela do que nunca. Seus monumentos seculares estão impecáveis - a começar pelo célebre relógio astronômico, que acabou de ser restaurado.

Ao mesmo tempo, além de bons hotéis e centenas de restaurantes interessantes, surgiram atrações que vão bem além do centro histórico. O melhor exemplo disso é o bairro do Karlín, que quase desapareceu do mapa na enchente de 2002 e ressurgiu da lama como o epicentro da cena hipster, com bares bem sacados e espaços culturais modernos como o fórum Karlím, projetado pelo arquiteto espanhol Ricardo Bofill.

Praga - paisagem rio - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Na missão de redescobrir a cidade (agora na companhia do meu marido), revi algumas atrações de peso, como o Bairro Judeu e o Castelo, e explorei a Praga menos turística, passeando pelo bairro alternativo do Zizkov e a fortaleza de Vysehrad, entre outras regiões afastadas do centro.

Para otimizar tempo e dinheiro, viajamos no comecinho da primavera (pegamos sol e temperaturas amenas), quando a cidade ainda não costuma estar tão cheia e a hospedagem é mais barata. Por 50 euros ao dia, alugamos um apartamento espetacular nos arredores da Dlouhá, uma das ruas mais badaladas, a partir de onde conseguimos fazer quase tudo a pé.

Quem converte não se diverte (mas já que é preciso...)*
1 euro = R$ 5,43
1 CZK (Coroa Checa) = R$ 0,21
* Valores convertidos em março de 2020

PECHINCHA

Beber as excelentes cervejas tchecas em Praga vale a viagem e custa mais barato do que água (literalmente). Nas cervejarias artesanais mais sofisticadas, como a Dva Kohouti, um canecão de meio litro saiu por uns CZK 80. Mas, nos beer gardens dos parques, como o do Letná, um copão chega a custar CZK 39.

ABUSEI

O aeroporto de Praga está conectado ao centro por linhas de ônibus. Mas, para otimizar o tempo, fui e voltei de Uber (CZK 948,40).

VALE O GASTO

Para fotografar a magnífica biblioteca do Mosteiro de Strahov, é preciso pagar uma taxa extra (por pessoa) de CZK 50. Mas a beleza do lugar, que já foi cenário de vários filmes, compensa ser registrada.

Mosteiro de Strahov - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Biblioteca do Mosteiro de Strahov: vale investir para fazer o clique
Imagem: Arquivo pessoal

DE GRAÇA

Nem todo mundo sabe, mas é possível circular pelo Castelo de Praga sem pagar. Basta passar pelo controle de segurança e conhecer os edifícios por fora. Para saber mais sobre o lugar, rola até fazer um tour gratuito da Free Tour.

ROUBADA

Seduzidos pela vista do bar e restaurante Bellavista, fomos com muita sede ao pote e pedimos uma cerveja sem perguntar quanto custava. A beleza teve seu preço: CZK 250 por caneca, pelo menos quatro vezes mais do que o normal de Praga. Também tomei um susto ao constatar que uma mera banana custava CZK 50 em um supermercadinho de Malá Strana. Para comprar comida, é sempre melhor ir a um supermercado grande, como o Billa. Vale saber que outra roubada clássica de Praga é pegar táxi na rua - mas evitamos embates com motoristas desonestos usando o app Liftago.

Praga - Bela vista - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Vista parorâmica, mas cerveja superfaturada no restaurante Bellavista
Imagem: Arquivo pessoal

UPGRADE

No dia em que estiver podendo, gostaria de viver a experiência de ficar no One Room Hotel, um hotel de um quarto só, como o nome sugere, pendurado na esquisitíssima torre de TV de Zizkov (diárias desde 550 euros). Numa próxima vez, também gostaria de ir ao Field, restaurante do chef Radek Kaspárek premiado com uma estrela Michelin, para comer coisas lindas e cheias de técnica, com direito a fumacinhas, esferas e brincadeiras com texturas.

O dinheiro não compra...

A vista da janela do meu apê de €50 por dia no fim de tarde

Caminhar pelas ruas vazias nos arredores do castelo de madrugada

A vista do rio Moldava num dia perfeito de sol na ilha de Kampa

Por do sol no parque Riegrovy Sady, fora da rota turística

QUANTO MORREU
(gastos para duas pessoas)

Pré-viagem
Guia Praga Lonely Planet: 20 euros
Guia "50 Lugares Onde Comer e Beber Bem em Praga" (Gabriel Britto, do blog Insider Praga): R$ 19,90

Hospedagem
4 noites apartamento AirBnb em ótima localização (última semana de março): 200 euros

Transporte
Voos ida (Barcelona-Praga RyanAir) + mala de mão: 90 euros
Voos volta (Praga-Barcelona Vueling) com mala de mão incluída: 70 euros
Metrô ida e volta do aeroporto em Barcelona: 18,40 euros
Uber ida e volta do aeroporto em Praga: CZK 948,40
10 bilhetes simples de transporte público em Praga: CZK 1440
2 viagens curtas de Uber na cidade: CZK 160
1 viagem curta de táxi na cidade: CZK 90

Diversão
Tíquetes para subir ao mirante da Antiga Prefeitura da Cidade Velha (comprado com desconto pela internet): CZK 420
Entradas Jewish Museum of Prague (Ticket 2): CZK 700
Entradas Castelo de Praga (Circuito B): CZK 500
Entradas para Igreja de São Nicolau: CZK 200
Entradas biblioteca Mosteiro Strahov: CZK 240
Taxa para fotografar biblioteca Mosteiro Strahov: CZK 50
Noite de bebedeira no bar de jazz U Maleho Glena: 23,26 euros
Cerveja bar Bellavista: CZK 400
2 cervejas no beer garden do parque Letná: CZK 80
2 cervejas no beer garden da fortaleza de Vysehrad: CZK 80
2 cervejas da cervejaria artesanal Dva Kohouti: CZK 138

Comida
Compras supermercado café da manhã: 30 euros
Almoço (dia 1) Klasterni Pivovar: 25 euros
Jantar Potrefena Husa: 23,28 euros
Almoço (dia 2) Nase Maso: 19,66 euros
Jantar (dia 2) Magistra Kelly: 20,94 euros
Almoço (dia 3) Remember Vietnam: 21,15 euros
Jantar (dia 3) Lokal: 35 euros
Almoço (dia 4) Mosteiro de Brevnov: 24 euros
Jantar (dia 4) Restaurante UFleku: 40,26 euros

Total: R$ 4.731,88