PUBLICIDADE
Topo

Espanha passa a exigir "passaportes Covid" por medo de nova onda de contágio

O documento será exigido para acesso a estabelecimentos da vida noturna e outras atividades e celebrações sociais - Getty Images
O documento será exigido para acesso a estabelecimentos da vida noturna e outras atividades e celebrações sociais Imagem: Getty Images

25/11/2021 23h09

Várias regiões espanholas exigem agora um chamado "passaporte Covid" para o acesso a estabelecimentos da vida noturna e outras atividades e celebrações sociais, além de eventos de massa e asilos devido a um aumento gradual das infecções pelo coronavírus e ao medo de uma sexta onda da pandemia no país.

O documento pode ser obtido por pessoas que foram totalmente vacinadas, se tiveram a doença nos últimos seis meses ou portam um teste PCR com resultado negativo nas 72 horas anteriores ou um teste de antígeno de 48 horas. A maioria dos países europeus já o exige pensando no inverno no hemisfério norte, que começa em menos de um mês.

Na Espanha, a incidência de transmissão do coronavírus é em média de 160 infecções por 100 mil habitantes em 14 dias, 12 casos a mais do que nesta quarta, informou o Ministério da Saúde.

Por enquanto, porém, permanece muito atrás de outras nações da Europa Ocidental, como a Holanda (incidência de 1.528), Reino Unido (853,5), Alemanha (818,5), França (308) e Itália (212).

Os pacientes mais graves ocupam mais de 6% do total de leitos nas unidades de terapia intensiva espanholas, embora estejam em torno ou acima de 10% em várias regiões.

O Ministério da Saúde convocou 16 milhões de pessoas para receberem uma dose de reforço da vacina contra a Covid-19 antes do Natal. Cerca de 80% da população da Espanha, um país de 47,4 milhões de pessoas, já recebeu a dosagem total recomendada pelos laboratórios.

Por enquanto, a dose adicional é destinada aos maiores de 60 anos de idade, trabalhadores da saúde e da assistência social, reclusos em centros para pessoas com deficiências e aqueles anteriormente imunizados com a vacina de dose única de Janssen.

Até o momento, 5.121.100 pessoas foram infectadas pelo coronavírus e 87.931 morreram de Covid em território espanhol, de acordo com os registros oficiais.