PUBLICIDADE
Topo

Chile é eleito melhor destino sul-americano de turismo de aventura

Deserto do Atacama, San Pedro de Atacama - iStock
Deserto do Atacama, San Pedro de Atacama Imagem: iStock

21/10/2021 08h55

O Chile foi apontado pelo sétimo ano consecutivo como o melhor destino de turismo de aventura na América do Sul, no prêmio World Travel Awards, que é conhecido como o Oscar do setor, segundo divulgou nesta quarta-feira o governo do país.

Além disso, o Chile também venceu como o melhor destino romântico, por causa do deserto do Atacama, que se estende pelas regiões de Arica e Parinacota, Tarapacá, Antofagasta, Atacama, e Coquimbo, norte do território.

O subsecretário de Turismo do país, José Luis Uriarte, não escondeu a euforia com os resultados, que considerou um "tremendo incentivo" para o setor, que destacou ter resistido da crise imposta pela pandemia da covid-19.

"Estamos, pouco a pouco, reiniciando a atividade do turismo, e prêmios como esse não apenas representam um impulso, mas nos permitem destacar os benefícios múltiplos que oferecemos", disse Uriarte.

A diretora do Serviço Natural de Turismo do Chile (Sernatur), Andrea Wolleter, destacou que a alta temporada, entre dezembro deste ano e fevereiro de 2022, representará "uma grande oportunidade para voltar a colocar o Chile aos olhos dos viajantes de todo o mundo".

Em 2020, o número de turistas no país caiu de 4 milhões, registrados no ano anterior, para pouco mais de 1 milhão, devido ao fechamento de fronteiras decretado para evitar a propagação do novo coronavírus.

Entre abril e outubro deste ano, foi impedida a entrada de estrangeiros no território chileno, sem que houvesse qualquer exceção.

O próximo passo do setor de Turismo no Chile é a busca do prêmio de melhor destino de turismo de aventura do planeta, prêmio que será anunciado no dia 26 de novembro, em Moscou, na Rússia. O país ainda concorrerá nas categorias de destino verde, natureza, local de feiras e eventos e destino romântico.