PUBLICIDADE
Topo

França retomará feiras e exposições em setembro

Clientes em restaurante em Paris, França - Getty Images
Clientes em restaurante em Paris, França Imagem: Getty Images

Paris

04/08/2020 21h40

A França permitirá a partir de 1º de setembro a realização de feiras e exposições, assim como eventos culturais que reúnam mais de 5 mil espectadores, que estão proibidos desde meados de março devido à epidemia do novo coronavírus.

O Ministério da Cultura francês afirmou em comunicado que o veto será suspenso em todo o país a partir do mês que vem. Entretanto, sob certas circunstâncias e com a autorização do governo local, alguns eventos já serão permitidos a partir de 15 de agosto.

A reabertura será feita dentro das normas sanitárias para a prevenção do novo coronavírus, tais como a obrigação de usar assentos e a imposição de uma distância de uma cadeira entre duas pessoas - com exceção àquelas que tenham feito a reserva juntos.

Além de respeitar a distância física, o uso de máscaras será obrigatório para entrar em espaços fechados e se deslocar dentro deles. Recomenda-se manter o uso da proteção mesmo quando o espectador estiver ocupando seu assento.

O conselho científico que assessorou o governo francês advertiu nesta terça sobre o aumento da circulação do coronavírus no país e a fragilidade da situação e acredita ser bastante provável uma segunda onda epidêmica no outono ou no inverno no hemisfério norte, ou seja, a partir do fim de setembro.

Nesse contexto, o Ministério da Cultura afirmou ser necessário permanecer alerta e respeitar rigorosamente as medidas de segurança.

O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira que 1.039 novos casos de infecção por covid-19 foram notificados nas últimas 24 horas. Em paralelo, há 292 surtos ativos, 13 a mais do que ontem, e 5.162 pessoas estão internadas com Covid-19, 388 delas em unidades de terapia intensiva.