PUBLICIDADE
Topo

Alemanha reabre fronteiras e recomenda cautela para viagens

A cidade de Bamberg, na Alemanha, recebe efeites coloridos em suas ruas para atrair mais visitantes - Getty Images
A cidade de Bamberg, na Alemanha, recebe efeites coloridos em suas ruas para atrair mais visitantes Imagem: Getty Images

16/06/2020 09h38

A Alemanha começou a reabrir fronteiras com países vizinhos da União Europeia nesta segunda-feira, ao suspender as restrições aplicadas há três meses para combater a pandemia de Covid-19, mas o governo advertiu que as viagens de verão ao exterior deverão ser feitas com cautela.

Filas de veículos se formaram no início desta manhã perto da fronteira entre Alemanha e Dinamarca, um dos primeiros sinais da volta à normalidade. Vários moradores do território alemão costumam passar férias no país vizinho.

Os controles que ainda permaneciam nas fronteiras com Áustria, França, Suíça e Dinamarca foram suspensos nesta segunda-feira, a data escolhida para o fim dessas restrições.

Desde a meia-noite de domingo, começaram a ser eliminados os controles aéreos para os países que ainda estavam restritos (Áustria, França, Suíça, Dinamarca e Itália) com as exceções de Espanha, Suécia e Finlândia, detalhou nesta segunda-feira o ministro das Relações Exteriores, Heiko Maas.

A restrição à Espanha será retirada em 21 de junho, quando o país reabrirá as fronteiras com o restante da União Europeia. A medida alemã é de reciprocidade com base na decisão espanhola, segundo fontes diplomáticas da Alemanha.

O levantamento geral das restrições significa que, a partir de agora, deixará de ser necessário apresentar uma razão de peso para entrar na Alemanha. Além de motivos como turismo e visitas, será possível, por exemplo, atravessar a fronteira a partir para fazer compras.

A partir de segunda-feira, o aviso geral contra as viagens ao exterior e a outros países da UE será substituído por indicações específicas por país, embora se espere que estes últimos alertem os potenciais turistas contra as viagens para três países neste momento: Suécia, Finlândia e Espanha, devido às respectivas restrições à entrada de estrangeiros.

Maas recomendou cautela ao decidir sobre as férias de verão deste ano, e lembrou que ainda há países para os quais as viagens são desaconselhadas.

O ministro destacou que reabertura das fronteiras alemãs ainda não foi acompanhada pela suspensão da recomendação de não viajar para quatro países: Noruega, Finlândia, Suécia e Espanha, embora neste último caso apenas por alguns dias e por razões específicas para cada um deles.