PUBLICIDADE
Topo

Descoberta em jardim de Londres nova espécie de nenúfar gigante

A Victoria boliviana em seu habitat natural, na Bolívia - Divulgação/Kew Gardens
A Victoria boliviana em seu habitat natural, na Bolívia Imagem: Divulgação/Kew Gardens

da AFP, em Kew Gardens, no Reino Unido

04/07/2022 17h01

Um grupo de especialistas do Kew Gardens, um famoso jardim botânico localizado no oeste de Londres, revelou nesta segunda-feira (4) a descoberta de uma nova espécie de nenúfar gigante, a primeira recenseada desde meados do século 19.

Espécimes deste exemplar estão em Kew Gardens há 177 anos e no Herbário Nacional da Bolívia há 34 anos antes que os botânicos se dessem conta de que se tratava de uma nova espécie.

Inicialmente, pensaram que se tratava de uma vitória-régia (Victoria amazonica), uma das duas variedades de nenúfares gigantes cujo nome presta homenagem à rainha Victoria.

Mas após pesquisas realizadas com uma equipe que viajou da Bolívia, os especialistas do jardim britânico determinaram que se tratava de uma terceira variedade.

Além de ser a espécie de nenúfar gigante mais recente, "Victoria boliviana", cujas folhas podem medir até três metros de largura, também é a maior do mundo.

Os anos de pesquisa que levaram a esta descoberta foram descritos em um artigo na revista Frontiers in Plant Sciences, publicado nesta segunda-feira.

Sementes desta terceira espécie de nenúfar gigante haviam sido doadas pelos jardins botânicos de Santa Cruz de La Sierra e La Rinconada, na Bolívia.

A ilustradora especializada em desenhos botânicos Lucy Smith, que participou da pesquisa, disse que elas foram cultivadas — sem ser referenciadas — em uma estufa em Kew nos últimos quatro anos.

"Na verdade, tínhamos escondido esse segredo maravilhoso à vista durante todo esse tempo", disse ela à AFP.

A Victoria boliviana, no Kew Gardens, no Reino Unido - Divulgação/Kew Gardens - Divulgação/Kew Gardens
A Victoria boliviana, no Kew Gardens, no Reino Unido
Imagem: Divulgação/Kew Gardens

Carlos Magdalena, pesquisador especializado na conservação de espécies vegetais ameaçadas de extinção, chamou a planta de "uma das maravilhas botânicas do mundo".

Ele explicou que cerca de 2 mil espécies de plantas são descobertas a cada ano, mas "o que é muito incomum é que uma planta desse tamanho com esse nível de fama seja descoberta em 2022".

"Isso realmente mostra o quão pouco sabemos sobre o mundo natural", comentou.

"Victoria boliviana" foi nomeada em homenagem aos especialistas bolivianos da equipe e ao ecossistema natural da planta no país sul-americano.

As nenúfares gigantes têm uma flor que passa da cor branca à rosa durante a noite.

Kew Gardens é o único lugar no mundo onde os visitantes podem admirar todas as três espécies do gênero Victoria'amazonica', 'cruziana' e agora 'boliviana' — lado a lado.