PUBLICIDADE
Topo

Colômbia exigirá certificado de vacinação para atividades de lazer

Para visitar os restaurantes e bares de Cartágena (foto), na Colômbia, será necessário apresentar o passe sanitário - Getty Images
Para visitar os restaurantes e bares de Cartágena (foto), na Colômbia, será necessário apresentar o passe sanitário Imagem: Getty Images

da AFP, em Bogotá

17/11/2021 12h19

A Colômbia exige desde ontem 16 um certificado de vacinação contra a covid-19 para entrar em bares, restaurantes e eventos esportivos ou culturais.

"Pedimos que para todas as atividades de lazer, como os shows, restaurantes, bares (...), seja exigido o cartão de vacinação quando ocorrerem em locais fechados", explicou Gerson Bermont, responsável do governo para o controle da pandemia.

Para atividades "essenciais como fazer mercado, comprar medicamentos, questões relacionadas à saúde ou educação, não é necessário o cartão de vacinação", mas é obrigatório o uso da máscara e o distanciamento social, explicou Bermont em um vídeo publicado no Twitter.

A restrição é inicialmente aplicada aos maiores de idade "e a partir de 30 de novembro aos maiores de 12 anos", acrescentou o funcionário. Os estabelecimentos que não acatarem à medida correrão o risco de serem multados ou inclusive fechados.

A Colômbia, que imunizou contra o coronavírus 21,5 milhões de seus 50 milhões de habitantes, abriu a vacinação para crianças de entre 3 e 11 anos na semana passada.