PUBLICIDADE
Topo

Havana reabre praias e Malecón, o icônico calçadão da capital cubana

O famoso Malecón, em Havana, voltará a receber turistas após nove meses de restrições devido à pandemia - iStock/Getty Images
O famoso Malecón, em Havana, voltará a receber turistas após nove meses de restrições devido à pandemia Imagem: iStock/Getty Images

da AFP, em Havana

30/09/2021 10h08

Autoridades de Havana anunciaram nesta quarta-feira a reabertura de praias e piscinas, além do Malecón, após nove meses de fechamento devido à pandemia.

"A partir deste dia está autorizada a permanência nas áreas do Malecón, sempre observando as medidas sanitárias para prevenir a transmissão do novo coronavírus, bem como a abertura de praias e piscinas, estas últimas com 50% de sua capacidade", informou o jornal "Tribuna de La Habana", citando o governador, Reynaldo García.

O veículo esclareceu que, "devido à situação econômica", não haverá reforço do número de ônibus públicos disponíveis, como é tradicional no verão, nem está garantido um serviço gastronômico "adequado". "Tanto nas piscinas, quanto nas áreas de praia, o uso da máscara é obrigatório, exceto quando os banhistas estiverem no mar."

Na última sexta-feira, oito das 15 províncias cubanas reabriram restaurantes, bares e outros locais públicos, com capacidade reduzida, no que representou um respiro após nove meses de fechamento.

Autoridades também anunciaram a abertura das fronteiras ao turismo internacional a partir de 15 de novembro, e das escolas, progressivamente, entre outubro e novembro. A reabertura foi decidida "levando em conta a queda sustentada dos casos confirmados da doença nas últimas oito semanas e o andamento da campanha de vacinação", especialmente em Havana.

No final desta terça-feira, Cuba, com uma população de 11,2 milhões de habitantes, acumulava 872.425 casos de covid-19 e 7.378 óbitos. Aplicando três vacinas nacionais ainda não reconhecidas pela OMS, 5.104.337 pessoas foram imunizadas até o momento, ou 45,6% da população, e a previsão é chegar a 100% até o fim do ano.