PUBLICIDADE
Topo

Canadá receberá vacinados dos EUA e, depois, do resto do mundo

Ponte Burrard, em Vancouver - Joe Daniel Price/Getty Images
Ponte Burrard, em Vancouver Imagem: Joe Daniel Price/Getty Images

19/07/2021 18h08

O governo canadense anunciou nesta segunda-feira (19) que no dia 9 de agosto reabrirá suas fronteiras para os americanos totalmente vacinados e que no dia 7 de setembro fará o mesmo para os imunizados do resto do mundo.

As fronteiras do Canadá permaneceram fechadas para viagens não essenciais desde 18 de março de 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus.

Para entrar no país, os viajantes devem ter recebido duas doses de uma vacina autorizada pela Health Canada pelo menos 14 dias antes e estar livre de sintomas.

"As principais mudanças na fronteira entrarão em vigor em 9 de agosto para permitir que americanos totalmente vacinados e residentes permanentes que vivem nos Estados Unidos entrem no Canadá por razões não essenciais", informou a ministra canadense da Saúde, Patty Hajdu, durante uma coletiva de imprensa.

Por enquanto, os Estados Unidos não se comprometeram com a abertura recíproca. "Continuamos revisando nossas restrições a viagens", disse a porta-voz da Casa Branca Jen Psaki, acrescentando que eles seguem o conselho de seus "próprios especialistas médicos".

Pressionado nas últimas semanas pelo setor de turismo para suspender as restrições em um país onde a vacinação está bem avançada, o governo de Justin Trudeau também anunciou uma reabertura total para o mês de setembro.

A abertura da fronteira entre o Canadá e os Estados Unidos prevista para 9 de agosto será seguida pela "reabertura de nossa fronteira para viajantes totalmente vacinados de qualquer país, desde que atendam às condições de entrada", anunciou Dominic LeBlanc, ministro de Assuntos Intergovernamentais.

De acordo com dados do governo divulgados nesta segunda-feira, 75% dos residentes canadenses já receberam a primeira dose e um em cada dois está totalmente imunizado.