PUBLICIDADE
Topo

Catedral de Notre-Dame faz "vaquinha" para concluir reparos após incêndio

Notre-Dame em restauração: incêndio atingiu catedral em 2019 - Anadolu Agency via Getty Images
Notre-Dame em restauração: incêndio atingiu catedral em 2019 Imagem: Anadolu Agency via Getty Images

14/06/2021 14h50

A diocese de Paris lançou um pedido de fundos, de entre 5 e 6 milhões de euros, para financiar os reparos interiores da catedral de Notre-Dame, que não estão cobertos pelo fundo nacional dedicado à sua restauração após o incêndio de 2019.

Dom Michel Aupetit, arcebispo de Paris, disse que "espera fazer a catedral entrar no século XXI, mantendo a sua identidade própria, no espírito da tradição cristã".

A arrecadação dos "Fundos da Catedral" conduzida pela Fundação Notre-Dame vai agora ser voltada a esse objetivo: um vasto programa de reparações das áreas internas que "exige uma nova arrecadação de fundos no valor de, pelo menos, 5 ou 6 milhões de euros".

A lei de julho de 2019 sobre a restauração do edifício enquadra estritamente o fundo nacional, que se refere à conservação e restauração do edifício, propriedade do Estado.

No total, foram arrecadados mais de 800 milhões de euros em doações para as obras no monumento, que foi gravemente danificado pelo incêndio.

O programa de interiores é administrado pela Igreja. As obras buscam propor novos roteiros de visita para seis milhões de fiéis, peregrinos e turistas anualmente.

Os projetos abrangem, entre outros, mobiliário, luminárias, som e órgão. Após a fase de vários meses dedicada à consolidação do edifício, os trabalhos de restauro terão início por volta de setembro.