PUBLICIDADE
Topo

Museus, cafés, bares e restaurantes reabrem na Dinamarca

1.mar.2021 - Pessoas andam nas ruas enquanto lojas reabrem em meio à pandemia em Copenhague, na Dinamarca - Ritzau Scanpix/Philip Davali via Reuters
1.mar.2021 - Pessoas andam nas ruas enquanto lojas reabrem em meio à pandemia em Copenhague, na Dinamarca Imagem: Ritzau Scanpix/Philip Davali via Reuters

21/04/2021 14h26

Com a reabertura dos museus, cafés, bares e restaurantes e o retorno das áreas externas, Copenhague registrou de novo nesta quarta-feira (21) ares de normalidade graças a uma circulação estável da covid-19.

A Dinamarca decidiu acelerar sua reabertura e à noite as torcidas poderão voltar aos estádios para a fase final da Superliga, a primeira divisão dinamarquesa de futebol.

O Museu Nacional instalou pequenas barracas para comprovar que cada visitante, que deve usar obrigatoriamente uma máscara, tenha seu "coronapase".

A apresentação deste passaporte sanitário — que certifica um teste negativo de coronavírus de menos de 72 horas, a vacinação ou uma recuperação recente da covid-19 — é indispensável para poder visitar museus ou frequentar um restaurante, onde é necessário realizar uma reserva, exceto para as áreas externas.

Apesar desta grande reabertura, os alunos de ensino médio permanecem parcialmente com ensino à distância e muitos trabalhadores, cuja presença não é obrigatória em seu local de trabalho, continuam trabalhando em 'home office'.

Embora as casas de festa permaneçam fechadas, cinemas, teatros e salas de concertos voltarão a abrir em 6 de maio.