PUBLICIDADE
Topo

Califórnia relaxará regras de reabertura para Disneylândia em abril

Visitantes com máscaras circulam perto da Disneylândia, na Califórnia - Getty Images
Visitantes com máscaras circulam perto da Disneylândia, na Califórnia Imagem: Getty Images

06/03/2021 10h01

A Califórnia abriu nesta sexta-feira (5) o caminho para que a Disneylândia, outros parques temáticos e estádios ao ar livre recebam visitantes mais cedo do que o esperado, após anunciar o relaxamento dos critérios de reabertura, uma resposta ao declínio acentuado nos casos de covid-19 no estado e à pressão do setor.

A medida anunciada pelo departamento de saúde estadual permitirá que estádios e parques temáticos como Disneylândia, Magic Mountain e Universal Studios admitam visitantes a partir de 1º de abril, de acordo com as condições de seu condado e com capacidade reduzida.

Com essas melhorias, "a Califórnia pode, de forma gradual e segura, começar a trazer de volta mais atividades, especialmente aquelas que ocorrem ao ar livre e onde um uso de máscara consistente é possível", informou o secretário estadual de saúde, Mark Ghaly, em um comunicado.

Apenas as atividades ao ar livre são afetadas pelas mudanças, que ocorrem no momento em que o governador da Califórnia, Gavin Newsom, enfrenta uma pressão crescente e uma tentativa de retirá-lo do cargo por seu gerenciamento da pandemia.

Os parques temáticos só terão permissão para reabrir se seu condado ficar abaixo do "nível de alerta" mais restritivo de coronavírus do estado e, inicialmente, com 15% da capacidade e apenas para residentes da Califórnia.

O condado de Orange — onde a Disneylândia está localizada — atualmente permanece em alerta roxo, o mais restritivo, assim como o condado vizinho de Los Angeles, onde várias outras atrações turísticas importantes estão situadas.

Os níveis de alerta são baseados em taxas de infecção e de casos positivos de covid-19 para definir regras de reabertura, mas eles próprios foram amenizados nos últimos dias, conforme o surto da doença no inverno retrocede rapidamente e as vacinações aumentam.

Esportes ao ar livre e apresentações ao vivo para o público serão permitidos em todo o estado a partir de 1º de abril, embora a capacidade seja novamente determinada pelas condições do estado. A capacidade será limitada a 100 residentes da Califórnia nas áreas mais afetadas.

Os parques temáticos, em particular, se irritaram com as restrições que consideraram muito rígidas, o que os teria colocado entre os últimos setores a reabrir.

"Durante a pandemia, a comunidade empresarial da Califórnia se comprometeu a proteger a saúde e a segurança dos trabalhadores e clientes - e isso não mudará agora", afirmou Dee Dee Myers, consultora sênior da Newsom.

"Continuaremos a trabalhar junto com nossos parceiros em todos os setores da economia, à medida que reabrimos com segurança, sustentabilidade e igualdade", acrescentou.