PUBLICIDADE
Topo

Nossa Cozinha

Alberto Landgraf é premiado como o melhor jovem chef da América Latina

Alberto Landgraf, chef do Epice, eleito o melhor jovem chef da América Latina por publicação britânica - Claudio Belli/Divulgação
Alberto Landgraf, chef do Epice, eleito o melhor jovem chef da América Latina por publicação britânica Imagem: Claudio Belli/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

19/03/2014 15h49

O chef Alberto Landgraf, do restaurante Epice, foi premiado como o melhor jovem chef da América Latina pela revista britânica "Four", considerada uma das publicações mais respeitadas na área de gastronomia no mundo. 

A eleição, que considerou os cozinheiros com menos de 35 anos de todo o continente, também classificou Rodrigo Oliveira, do Mocotó, na segunda posição. A peruana Pía Léon, do Central (50º lugar na lista "50 Best", promovida pela revista "Restaurant), ficou em terceiro lugar, enquanto o mexicano Jorge Vallejo, do Quintonill (42º lugar na lista do "50 Best"), foi o quarto colocado. 

Landgraf, que trabalhou em Londres para chefs como Gordon Ramsay e Tom Aikens antes de abrir o Epice em 2011, é descrito pela revista como um cozinheiro cujas "técnicas naturalistas focam em procurar os melhores ingredientes por meio de exploração sustentável e fazer o máximo possível para ampliar seus sabores naturais por meio de técnicas modernas e tradicionais". 

Já o trabalho de Rodrigo Oliveira foi descrito como "uma ponte entre o velho e o novo, unindo a cozinha tradicional brasileira com seus sabores simples e ingredientes únicos, a conceitos contemporâneos". 

A eleição foi feita nos cinco continentes, com quatro julgadores de cada região. Os chefs precisavam ter 35 anos ou menos na época da votação e serem cozinheiros há menos de cinco anos.