Por que é tão difícil para o brasileiro ir para a África?

Por Nossa

A dificuldade de chegar à África para viajantes brasileiros aumentou desde que as companhias aéreas SAA (South African Airways) e Latam pararam de operar voos diretos entre São Paulo e Joanesburgo.

Divulgação

Antes, a viagem consistia em um voo direto de cerca de 10 horas até Joanesburgo.

Manop1984/Getty Images/iStockphoto

A companhia Taag, sediada em Angola, tem se tornado uma opção para viajantes brasileiros com uma nova rota de São Paulo para Luanda, e prometendo mais voos.

Divulgação

Atualmente, a Taag oferece três voos semanais entre São Paulo e Luanda, com planos de adicionar mais duas opções.

Divulgação/GRU Airport

A Taag busca atrair mais turistas brasileiros e quebrar a percepção de que Angola é apenas um destino de negócios.

Divulgação

A Taag quer melhorar a conectividade com outros destinos turísticos vizinhos bem estruturados, como a África do Sul, Namíbia, Moçambique, Zâmbia e Zimbábue.

Getty Images/iStockphoto

A companhia aérea possui acordos de tarifas com a Latam e está negociando com outras companhias aéreas nacionais.

Pigeyre Pascal - MasterFilms/Airbus

Viajar via Angola pela Taag é uma alternativa mais direta, reduzindo a duração da viagem em comparação com outras opções.

Divulgação

Para mais informações, acesse Nossa.

Getty Images/iStockphoto
Publicado em 09 de novembro de 2023.