Topo

Entrevistas


Haddad: Ciro e Doria terão dificuldades em 2022 por falta de identidade

UOL Notícias

23/10/2019 01h59

De olho na eleição Presidencial de 2022, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, provocou dois concorrentes que se colocam para corrida: "Na esquerda, o Ciro, e, na direita, o Doria, [eles terão] uma dificuldade muito grande de se descolar daquilo que ajudaram a construir", afirmou. Segundo colocado no pleito de 2018, Haddad sinalizou apoio a candidatura de Lula para 2022 e se diz um "atleta disciplinado" para jogar em qualquer posição de um eventual governo petista. "Esse país só vai encontrar a paz no dia em que Lula subir a rampa do Planalto", afirmou em entrevista ao UOL e à Folha de S. Paulo. Ele defendeu que seu partido tem densidade eleitoral, enraizamento na sociedade e deixou legado.

Entrevistas