PUBLICIDADE

Topo

Dia do Homem? Bruna Louise rebate quem defende a data: "Não entendeu 8 de março"

Mais Cá Entre Nós
1 | 25
Siga o UOL Mov no

Do UOL, em São

26/09/2020 04h01

No "Cá Entre Nós" da última segunda-feira (21), a comediante Bruna Louise rebateu quem defende a existência do Dia do Homem. "Provavelmente não entendeu a questão por trás do dia 8 de março", disse, argumentando que "homens não morrem por serem homens". Assista acima.

Uma das principais vozes femininas do stand-up nacional, Bruna explica que faz piadas revertendo a lógica do machismo, ou seja, colocando homens em situações que mulheres estão acostumadas a enfrentar. Para ela, o Dia da Mulher (comemorado em 8 de março) serve para conscientizar sobre o preconceito contra elas.

"Um cara que fala que não existe equidade de direitos porque no Dia do Homem não existe uma promoção de cueca é um cara que não entendeu [o Dia da Mulher]", afirma a comediante, que ganhou o prêmio "Ri Alto" no MTV Miaw nesta quinta (24), em que concorria com nomes como Fábio Porchat e Marcelo Adnet.

Na entrevista com Yuri Marçal, Bruna também falou de seu início de carreira e de como a comédia é importante em sua vida, relembrando uma situação séria de saúde que ela só conseguiu superar por ter se apoiado no humor. Assista à íntegra:

No "Cá Entre Nós", Marçal recebe celebridades e influencers para entrevistas e brincadeiras, unindo o formato do talk show ao humor e irreverência pelo qual se tornou conhecido nas redes sociais, onde possui mais de 1,5 milhões de seguidores. O programa estreia novos episódios toda segunda-feira, às 16h.