PUBLICIDADE

Topo

Elon Musk: gênio ou louco? Chip no cérebro, golpe de estado e mais polêmicas

Do UOL, em São Paulo

10/09/2020 04h01

Inspiração para o Tony Stark de Robert Downey Jr. nos cinemas, o empresário bilionário Elon Musk é uma figura tão controversa quanto o personagem da Marvel. No "Mundo Cômico" desta quinta (10), os jornalistas por trás da página Galãs Feios perguntam: ele é um gênio ou um louco? E, mais importante, qual é o poder de influência dele no mundo?

Dono da Tesla e da SpaceX, além de ser cofundador do Paypal, Elon Musk faturou mais de sete bilhões de dólares em único dia em agosto deste ano. E o sul-africano está sempre envolvido em polêmicas, das que influenciam a economia mundial, como quando sugeriu que apoia os EUA a darem golpes de estado, às relacionadas à cultura pop — ele é casado com a cantora Grimes, com quem teve um filho em maio.

"Antes mesmo de a criança nascer, as piadas sobre o que resultaria dessa união bombavam nas redes. Isso porque a Grimes também está longe de ser uma figura, digamos, convencional", explica Helder Maldonado. Batizado de X Æ A-12, o nome do filho rendeu muitos memes e uma explicação bizarra.

Também este ano, Musk se meteu em uma polêmica maior e mais séria ao ser acusado de apoiar a deposição de Evo Morales para conseguir acesso à jazida de lítio da Bolívia. "Nós damos golpes onde quisermos" foi a resposta do empresário no Twitter. Ao ser criticado pelo próprio Morales, Musk publicou a música Lithium, do Nirvana, como provocação.

Essa mistura de playboy com magnata faz o empresário de 49 anos ser uma figura importante para a sociedade. E seus projetos para o futuro também são polêmicos: de um chip que poderá transmitir música direto para o cérebro a povoar Marte com mais de um milhão de pessoas até 2050.

"Mas afinal, o que o Elon Musk representa? Ele é a elite se lixando para os pobres ou um visionário que vai salvar o mundo? É o Vale do Silício que deu certo ou que deu errado?", pergunta Marco Bezzi. Assista ao episódio do "Mundo Cômico" para (tentar) entender Elon Musk.