Menos dor e mais conforto: vale a pena ter um chinelo nuvem?

Conhecido como "pillow slide", o chinelo nuvem ganhou destaque durante a pandemia entre aqueles que buscavam conforto enquanto viviam em isolamento. Mas, pela variedade de cores disponíveis, seguiu como uma tendência e é comum vê-los nos pés das pessoas na rua até hoje.

Conheça alguns modelos e tire as suas principais dúvidas sobre esse calçado, com informações de dois ortopedistas.

Sandália Fly Feet Nuvem, Ortho Pauher

  • Tem características anatômicas que ajudam a estabilizar e dar suporte aos pés e tornozelos na posição correta;
  • Promete maior controle e segurança ao caminhar;
  • Auxilia na proteção e prevenção de esporão de calcâneo, fascite plantar, formação de calos, alívio de dores e pressão no calcanhar, além de ser indicado para deformidades do joanete, segundo o fabricante.

Chinelo Usaflex Plataforma

Divulgação

Divulgação

Chinelo Usaflex Plataforma (Magalu)
5% OFF
de R$ 146,59 por R$ 139,26COMPRAR
  • De acordo com a marca, é leve, confortável, feito de EVA e com fecho do tipo slide;
  • Ideal para ser usado no dia a dia e em momentos de lazer.

Chinelo Nuvem Slide Retro, Luiza Paula

  • Possui entalhes horizontais e superiores semelhantes a tiras grossas ao longo do piso para maior tração, segundo o fabricante.
  • A sola serrilhada vem com o acabamento na cor de cada modelo.
Divulgação

Divulgação

16% OFF
de R$ 51,99 por R$ 43,90COMPRAR
Continua após a publicidade
  • Antiderrapante, resistente, macio e leve, segundo o fabricante;
  • A espessura extra de quase 4 cm estimula o contato total dos pés contra a sandália durante as pisadas;
  • Pode ser usado por homens e mulheres;
  • Por possuir forma pequena, o fabricante recomenda comprar um número acima.

O que é chinelo nuvem?

Um calçado bem mais leve, macio e confortável que os demais produtos do mercado.

Possui um solado alto e tratorado, com uma tira única que cobre toda a parte da frente do pé, deixando as pontas dos dedos livres.

De que é feito?

É feito de espuma de EVA (etileno acetato de vinila) expandido de alta performance. É um polímero emborrachado, flexível, com propriedades adesivas e componentes à prova d'água.

Continua após a publicidade

Possui material leve e durável, resistente à pressão e absorção de impacto que vem sendo utilizado na indústria de calçados.

O produto diminui as dores nos pés?

Sim, o chinelo nuvem ajuda a diminuir as dores em casos de fascite plantar, esporão de calcâneo, dores nos metatarsos, entre outros, devido ao seu solado alto e ação anti-impacto.

Sua composição ultramacia e tira única e larga não causam desconforto entre os dedos e não deformam durante a passada, proporcionando alívio das dores por sobrecarga mecânica de algum ponto na região plantar dos pés.

No entanto, é importante ressaltar que o chinelo nuvem não foi desenvolvido para tratar nenhum tipo de lesão. As dores nos pés devem ser investigadas por um médico especialista, que indicará o tratamento mais adequado.

Quem pode usar?

Qualquer pessoa pode usar o chinelo nuvem. Pessoas idosas devem evitar o uso de chinelos em geral devido ao risco de quedas por conta da marcha reduzida.

Continua após a publicidade

Quais as vantagens?

  • É muito confortável, daí o nome chinelo nuvem ou chinelo travesseiro, que passa a ideia de "pisar nas nuvens";
  • É feito de material leve e macio, com solado largo e tira que "abraça" o dorso do pé, deixando os dedos livres;
  • Possui características anatômicas;
  • Possui ação anti-impacto;
  • O solado alto distribui o peso do corpo pela região plantar do pé;
  • Diminui e alivia as dores nos pés.

Quais as desvantagens?

  • Por estar na categoria "ugly shoes", o design pode não agradar a todos os consumidores;
  • Para quem tem o pé mais alto e com um arco plantar elevado, a tira dorsal pode incomodar, pois ela é bem larga e dificulta a acomodação; modelos com velcro ajustável na tira podem ser uma opção nestes casos;
  • O chinelo nuvem --ou qualquer outro tipo de chinelo-- não deve ser utilizado para caminhadas longas ou corridas, e deve ser evitado em terrenos irregulares pois não proporciona apoio para os tornozelos e retropés;
  • Possui material com grande capacidade de aderência e isso pode ser prejudicial para pessoas com alterações na marcha por travar no solo e aumentar risco de quedas.

Como escolher um chinelo nuvem?

  • É importante prestar atenção ao material do produto. O chinelo nuvem é feito de EVA e deve ser leve e flexível. No entanto, existem modelos mais baratos feitos com outros tipos de espuma, que ficam pesados e rígidos, causando desconforto.
  • Outra dica é provar o modelo antes da compra;
  • Para compras pela internet, fique atento às tabelas de medidas; pode haver variação de tamanhos entre as marcas.
Continua após a publicidade

FONTES: Jordanna Maria Pereira Bergamasco, ortopedista do Hospital Israelita Albert Einstein, do Instituto Cohen, especialista em cirurgia do pé e tornozelo e médica e assistente do grupo de cirurgia do pé e tornozelo da Santa Casa de São Paulo. Nelson Astur Filho, médico ortopedista especialista em pés, membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), ex-presidente da Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé, e autor do livro "Manual de Palmilhas e Calçados Ortopédicos".

Quer saber mais sobre produtos de beleza, de casa, eletrônicos e achadinhos do momento? Fique de olho na nossa curadoria de ofertas: no Monitor de Ofertas UOL, no nosso Canal do WhatsApp, no X (ex-Twitter) (@ofertas_uol) e nos vídeos do TikTok (@guiadecompras_uol).

@guiadecompras_uol Testamos o Olympikus Corre 3 por três semanas e percorremos 50km com ele??? O modelo é uma ótima escolha para quem está começando a correr, é leve, confortável e garante uma experiência mais segura. ?? Confira a reportagem completa no Guia de Compras UOL Gostou? Link na bio. #olympikuscorre3 #olympikus #tenis #dicacorrida #guiadecomprasUOL #review #TikTokMadeMeBult #runtiktok #correr ? som original - Guia de Compras UOL

Escolhemos cada produto de forma independente e checamos os preços na data da publicação (ou seja, podem variar!). Ao comprar pelos nossos links, ganhamos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. O UOL não é dono nem participa da comercialização dos produtos oferecidos neste conteúdo. Dessa forma, não nos responsabilizamos pelos itens anunciados.

Deixe seu comentário

Só para assinantes