ÁLBUM

Veja fotos
de diversas
competições




   21h37 - 13/10/2002

Título mundial é a consagração definitiva de Bernardinho

Agência Folha
Em São Paulo

Ele assumiu um time que atravessava uma má fase. Decidiu iniciar uma renovação gradual na equipe e mesclou antigas peças com jovens revelações. Exigente e de temperamento explosivo, inseriu na rotina dos jogadores treinamentos exaustivos. Perfeccionista, gastou horas de sono analisando cada detalhe dos adversários.

E, em menos de dois anos, reergueu a seleção masculina e conquistou o Mundial, único título que faltava ao vôlei do país.

Bernardinho, 43, que era reserva da chamada geração de prata, assumiu a equipe no fim de 2000, carregando no currículo um vice mundial (94) e duas medalhas de bronze olímpicas (Atlanta-96 e Sydney-00) com o time feminino.

O treinador aproveitou a base deixada por Radamés Lattari, que não havia conseguido bons resultados, e mesclou com jovens talentos, como André Nascimento, Henrique e Escadinha.

Na primeira competição importante que disputou, em 2001, venceu a Liga Mundial após oito anos de jejum. Neste domingo, ganhou o inédito título mundial. O saldo até agora são sete conquistas e dois vices em nove torneios.


Comente esta notícia nos Grupos de Discussão UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/09/2007

20h22
Espanhóis comemoram boas atuações no Aberto dos EUA


20h14
Santos tira peso de favoritismo e prevê retomada contra o Inter


20h13
Jogadores do Bota lametam má fase de Dodô


20h10
Diretoria do Bota não teme Fifa e grupo diverge sobre Dodô


20h05
Blake segue sem vencer em partidas de cinco sets

MAIS VÔLEI

10/08/2010

14h39
Pinheiros acerta contratação da atacante Soninha


09/08/2010

10h56
Mudanças à vista na seleção feminina


09h39
Zé Roberto e Paula Pequeno falam línguas diferentes.


09h00
A Itália sobrou em quadra, mas a levantadora Giulia Rondon fez a diferença


07/08/2010

14h38
É cedo, mas Jaqueline e Mari vão se firmando como titulares