PUBLICIDADE
Topo

Vôlei

Brasil vence Canadá em quatro sets e se classifica no Mundial de Vôlei

Divulgação/FIVB
Imagem: Divulgação/FIVB

Do UOL, em São Paulo (SP)

17/09/2018 16h33

O Brasil se recolocou na briga pelas primeiras colocações do Grupo B do Mundial Masculino de Vôlei. Nesta segunda-feira, a equipe mostrou reação depois de perder para a Holanda e venceu pela terceira vez na competição. A equipe comandada por Renan Dal Zotto sofreu um susto, mas bateu o Canadá por 3 sets a 1 (25-22, 19-25, 25-23 e 25-18), em Ruse, na Bulgária.

A equipe, que entrou em quadra classificada pela derrota do Egito para a Holanda, na manhã desta segunda-feira, teve dois jogadores como destaque na importante vitória. Wallace terminou como o melhor pontuador com 23 pontos, enquanto Douglas se mostrou fundamental no quarto set e terminou o duelo com 15.

O resultado positivo deixou o Brasil com oito pontos e na terceira colocação do Grupo B, restando apenas o duelo contra a China, nesta terça-feira, para o time finalizar a participação na primeira fase da competição. A equipe ainda briga pelo primeiro lugar da chave.

Mesmo derrotado, o Canadá ocupa a vice-liderança com nove, enquanto a Holanda, que já fez cinco partidas, soma 11. A França, também classificada, é o quarto colocado com oito pontos.

Pressionada pela surpreendente derrota para a Holanda, a primeira para os europeus em 52 anos dentro da competição, a seleção brasileira começou de maneira irregular a partida. Entretanto, ao melhorar o bloqueio, facilitando os contra-ataques, a equipe se impôs e assumiu o controle. Com Wallace bem procurado por Bruninho, o Brasil fez 25 a 22.

O controle do primeiro set desapareceu no segundo, especialmente na questão psicológica. Logo no início, Lipe e Mauricío Souza se envolveram em uma ríspida discussão com os canadenses, com o primeiro até apertando o pescoço do levantador Perrin. O camisa 12 brasileiro levou o cartão amarelo, e a seleção sentiu o ritmo de jogo rival.

O Canadá abriu confortável vantagem na parte final do set e se aproveitou de erros do Brasil, principalmente no ataque. Tranquilo, o time da América do Norte empatou o jogo ao encerrar a parcial em 25 a 19.

O equilíbrio da partida se ratificou no terceiro set. Ponto a ponto, Brasil e Canadá variaram na liderança, mas a equipe de Renan Dal Zotto cresceu no momento mais decisivo e assumiu o controle do placar. Após 29min, os sul-americanos ganharam a parcial graças a uma vantagem mínima (25 a 23).

A maturidade das estrelas brasileiras fez a diferença. Assim como no terceiro set, o Brasil cresceu sob pressão e assumiu o controle do jogo antes da metade da parcial. Bruninho procurou Wallace e Douglas, os principais atacantes brasileiros em quadra, e a seleção alcançou a regularidade esperada antes do duelo.

A terceira vitória na competição, que mantém o time com esperança de terminar em primeiro e pegar um caminho teoricamente "mais fácil" na próxima etapa do Mundial, veio com o triunfo por 25 a 18 na quarta parcial, após ataque de Wallace.

Vôlei