PUBLICIDADE
Topo

Vôlei

Auxiliar do Bauru discute com Bernardinho e o chama de "maluco" em quadra

Do UOL, em São Paulo

20/01/2017 09h17

Fabiano Kwiek, auxiliar técnico de Marcos Kwiek no Gente Bauru, se irritou durante a partida contra o Rexona/Sesc, e foi para cima do treinador Bernardinho, do time carioca. Em duas oportunidades, os dois chegaram a discutir.

O primeiro entrevero aconteceu no terceiro set da partida. Fabiano começou a gritar sentado em seu banco de reservas em direção de Bernardinho. “Toda hora quer falar”. O treinador, ex-seleção brasileira, ficou parado apenas olhando a atitude do seu adversário.

De acordo com Fabiano, a briga teria começado devido a ofensas constantes de Bernardinho a Marcos, ofendendo a mãe dos dois. O auxiliar ainda disse que só reclamou mais alto quando o treinador do time carioca foi até o limite da área técnica e o mandou tomar no c*.

A partida foi interrompida durante a discussão e a própria comissão técnica do Bauru chegou a pedir para Fabiano se acalmar. Depois de um longo debate, o auxiliar recebeu cartão vermelho.

A briga voltaria ao fim do jogo. Na hora de cumprimentar o adversário, Bernardinho teria preferido ignorar Fabiano e mais uma vez o debate recomeçou.

Repetindo diversas vezes "maluco" em direção de Bernardinho, Fabiano se exaltou. A equipe técnica tentou tirar Bernardinho do local e até afastar a câmera da Rede TV!, mas o treinador ficou no local debatendo.

No fim, a líbero Fabi, do Rexona/Sesc, foi na direção de Fabiano e pediu para ele se acalmar dizendo que a discussão não era necessária. Nessa hora, o auxiliar reclamou que Bernardinho “passou sem cumprimentar”.

Em quadra, o time carioca conseguiu uma boa vitória por 3 sets a 1.

Vôlei