PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Posse de Bola

Programa semanal de futebol com Juca Kfouri, Mauro Cezar Pereira, Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi


ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Posse de Bola #195: Palmeiras x São Paulo na copinha, estreia do Paulista e o caso Robinho

Do UOL, em São Paulo

21/01/2022 12h50

A Copa São Paulo tem a partir de hoje a disputa das semifinais, com o Santos enfrentando o América-MG, enquanto o clássico entre Palmeiras e São Paulo decide a outra vaga na final, com um duelo entre o time que tem um jogador como sensação da competição, caso do garoto Endrick, de apenas 15 anos, enquanto o outro conta com o técnico mais reconhecido, caso de Alex.

No podcast Posse de Bola #195, os jornalistas Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira comentam os confrontos, o potencial de Endrick, se o Palmeiras deveria levá-lo ao Mundial de Clubes, a forma como Alex tem se saído bem na função de treinador e o nível da própria Copinha.

Ouça também o boletim do Posse com Arnaldo e Tironi; exclusivo na Apple Podcasts

Juca Kfouri elogia a qualidade dos jogadores em cobranças de falta e pênaltis, citando que assistiu a quase todos os jogos da competição, apontando um favoritismo do Santos contra o América-MG, enquanto o duelo entre São Paulo e Palmeiras deve er equilibrado em sua visão.

"Acho que hoje à noite teremos o Santos como finalista, tem mais time que o América-MG, de novo revela uma garotada interessante, principalmente no ataque, e amanhã vamos ter o jogo que é absolutamente imprevisível pelo seguinte, o time do São Paulo terá o apoio da torcida única tricolor em Barueri. Me parece claro que o time do Palmeiras é melhor, fisicamente mais forte, mais experiente, mais vitorioso e essencialmente mais espetacular", diz Juca.

Juca: Eu levaria Endrick para o Mundial nos Emirados Árabes

Em relação a Endrick, Juca afirma que levaria o jogador para o Mundial de Clubes para utilizá-lo em uma eventualidade e lembra que houve o caso em que Dunga se saiu mal na Copa do Mundo após não ter convocado Neymar, além do caso do Corinthians, quando Tite lançou Romarinho diante do Boca Juniors na Bombonera e ele foi decisivo.

"Eu levaria o Endrick para os Emirados Árabes Unidos para eventualmente usá-lo em um segundo tempo em que o Palmeiras precise de uma coisa extraordinária, eu faria com ele o que o Dunga não fez nem com o Neymar e nem com o Ganso na Copa de 2010, porque viu sempre lembro disso e todos nós sabemos, há um momento em que a Holanda ganha do Brasil por 2 a 1, o Dunga olha para o banco, olha para o Jorginho, auxiliar técnico dele, abre os braços e diz 'não tenho ninguém para pôr'. Teria o Neymar", diz Juca.

"Uma dessa o moleque entra e, sem grau de comparação, o Corinthians deve o seu título da Libertadores muito menos ao Sheik, que fez os dois gols contra o Boca Juniors no Pacaembu, mas a um moleque chamado Romarinho. O Tite achou de levá-lo para jogar contra o Boca Juniors. O colocou 5 minutos antes de o jogo acabar, que o Boca vencia por 1 a 0, ele entrou em campo e como não sabia nada do que estava fazendo, o que era a Bombonera, ele fez aquele gol de cavadinha", completa.

Arnaldo: Palmeiras é superior fisicamente ao São Paulo na Copinha

Em relação à semifinal da Copinha, Arnaldo Ribeiro considera que o Palmeiras tem um time que leva vantagem em relação ao São Paulo principalmente na questão física, embora ressalte a aptidão demonstrada por Alex para comandar o time tricolor.

"Alex tem aptidões que demonstrava como jogador para comandar um time. Do seu jeito, discreto, o tipo de jogo, o tipo de conceito e o time do São Paulo não deixa de ser interessante, lembrando que fisicamente o time do São Paulo é bem inferior ao do Palmeiras, parecem até outras categorias. Um time mais leve e muito também desfalcado", diz Arnaldo.

"Diferentemente do Palmeiras o São Paulo já está aproveitando alguns jogadores dessa safra no time principal por absoluta necessidade, então três dos titulares do Alex estão com o Rogério Ceni fazendo a pré-temporada, não disputaram a Copinha, e ainda perdeu dois ou três titulares se você levar em consideração o time que começou o campeonato nesta fase final", completa.

Mauro Cezar: É preciso cautela na transição de Endrick

Mauro Cezar afirma que é preciso ter cautela com o garoto Endrick e um cuidado especial na transição para que ele venha a corresponder tudo o que já demonstrou nas categorias de base.

"Tem que haver muita cautela e muito cuidado por parte do clube no momento de fazer essa transição do rapaz para o profissional. Vai ser mais cedo, ele já vem jogando em divisões acima desde cedo, o que é muito comum entre jogadores muito talentosos, na base puxam para cima", diz Mauro.

Ele também destaca a forma como Alex tem se saído bem como técnico ao manter a coerência na forma de seu time jogar com o que ele fazia como jogador e comentava no período de ESPN.

"É legal ver que a proposta de jogo que ele apresenta no seu time combina com o seu perfil como jogador e o seu discurso quando comentava futebol na televisão. Aliás, teve várias oportunidades de treinar times profissionais assim que parou de jogar e ele não quis. Alex soube esperar o momento certo, começando por um clube grande, que tem uma estrutura muito grande, uma camisa importante para começar o seu trabalho na base e daí ele vai poder subir pouco a pouco", conclui.

O programa também aborda os elencos de veteranos no Corinthians e no Fluminense, a morte de Elza Soares, a admissão de corpo mole de Rafael Sóbis em jogo contra o Inter e a condenação de Robinho por estupro na Itália.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.