PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Posse de Bola

Programa semanal de futebol com Juca Kfouri, Mauro Cezar Pereira, Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi


OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Posse de Bola #154: Fla e Palmeiras tropeçam, Corinthians no G6 e São Paulo sobe

Do UOL, em São Paulo

23/08/2021 14h21

Em uma rodada marcada pelos tropeços de Flamengo e Palmeiras na briga pelas primeiras posições, um dos destaques do fim de semana no Campeonato Brasileiro foi a ascensão do Corinthians, que alcançou o sexto lugar ao derrotar o Athletico-PR fora de casa por 1 a 0, assim como o São Paulo venceu a terceira consecutiva, contra o Sport, e se afastou da zona de rebaixamento, ficando em uma posição mais intermediária e a apenas três pontos do rival alvinegro.

No podcast Posse de Bola #154, os jornalistas Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira analisam a rodada, o empate entre Ceará e Flamengo, a derrota do Palmeiras para o Cuiabá e o momento de recuperação de Corinthians e São Paulo, que venceram seus jogos fora de casa, ambos por 1 a 0.

Arnaldo Ribeiro cita os clubes que ocupam hoje as quatro primeiras posições em um patamar acima, mas considera obrigação que o Corinthians e o São Paulo, assim como Internacional e Grêmio, briguem por um lugar entre os seis primeiros do Brasileirão, lembrando que os quatro investiram e têm elencos com capacidade para brigar logo abaixo dos três favoritos, Atlético-MG, Flamengo e Palmeiras.

"O time que joga só uma competição, só o Brasileiro, como o Corinthians, tem obrigação de ir melhorando semana a semana. O Corinthians só está jogando esse campeonato e ali é perfeitamente plausível pensar em quinto lugar, quarto lugar se o Fortaleza cair", diz Arnaldo.

"Para o Corinthians, para o São Paulo, para o Inter, que começou mal o Brasileiro, quiçá até para o Grêmio, falar em G6, porque esses são times que continuam investindo muito mais que os outros. O Grêmio contratou o Borja, contratou o outro, o Inter contratou outro, o São Paulo contratou outro, e o Corinthians idem. Esses times investem para estar nesse bloco e, fora as três forças principais, não tem outro, dá para chegar, dá para brigar. Aliás, é obrigação brigar com esse orçamento e esse investimento", completa.

O jornalista afirma que desde o início do campeonato está claro que devem brigar pelo título o Atlético-MG do técnico Cuca, o Flamengo de Renato Gaúcho e o Palmeiras de Abel Ferreira, enquanto o Fortaleza é o time que surpreende com a campanha que faz, mas vê um espaço em aberto logo abaixo, considerando que Red Bull Bragantino e Athletico-PR estão nas semifinais da Copa Sul-Americana e aparentem dar prioridade à competição internacional.

"O campeonato que tem três forças principais, que poderiam ser apontadas antes mesmo de ele começar, Flamengo, Atlético-MG e Palmeiras, um time jogando bem surpreendentemente, o Fortaleza, e a partir dali, depois desses quatro, qualquer um é qualquer um", diz Arnaldo.

"O Bragantino e o Athletico-PR largaram o Brasileirão para jogar a Copa Sul-Americana, evidentemente. Já estava claro que eles tinham feito isso a partir das opções de colocar reservas em várias partidas, então poderiam ser potenciais surpresas e já não são mais", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL