PUBLICIDADE
Topo

Podcast

UOL Flamengo

O podcast para a nação rubro-negra


OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

UOL Flamengo #23: Com Renato Gaúcho, Fla deixou de ser time engessado

Do UOL, em São Paulo

03/08/2021 16h00

O Flamengo teve mais uma exibição de gala contra o Corinthians: venceu por 3 a 1 com muita facilidade e empolgou a torcida, que até já compara a equipe atual com a da época de Jorge Jesus. A evolução da equipe está diretamente ligada à chegada de Renato Gaúcho. Sob o comando do treinador, o rubro-negro tem 100% de aproveitamento, com seis vitórias em seis jogos.

No podcast UOL Flamengo #23 (ouça na íntegra no episódio acima), o apresentador Pedro Lopes e o setorista Leo Burlá sobre o ótimo momento do Fla e como a liberdade dada por Renato Gaúcho fez a equipe se soltar em campo e acumular goleadas.

"Não podemos reduzir o trabalho do Renato àquele cara que fala 'Vai lá, Gabigol, isso aqui é Flamengo'. É um equívoco e até desonesto. Vejo um Flamengo menos engessado em campo. É um time muito móvel. Quando você tem tanto jogador bom, como o Flamengo tem, essa anarquia de não ficar engessado em uma posição, com Gabigol saindo da área e caindo pela ponta abrindo espaço para o Bruno Henrique, é muito importante", enfatizou Burlá.

O repórter considerou exemplar a atuação rubro-negra diante do Corinthians. "Fico imaginando os jogadores adversários vendo aquela manada de jogador bom, com a bola dominada, vindo na direção do teu gol. Deve ser meio desesperador. Quando você olha o placar final do jogo contra o Corinthians, ele não dialoga com a partida. É diferente do jogo contra o São Paulo, cujo placar talvez tenha sido um pouquinho exagerado. Se tivesse sido sete [contra o Corinthians], estaria totalmente na conta. Para mim, foi a melhor atuação do Flamengo com o Renato", elogiou.

Nem mesmo as goleadas sobre ABC (6 a 0, pela Copa do Brasil) e Bahia (5 a 0, pelo Brasileirão) superam o triunfo em cima do Corinthians, na opinião de Burlá. "Coletivamente, em 90 minutos, foi a melhor exibição, e também levando em conta o peso do adversário. As pessoas falam que é o pior Corinthians que já jogou contra o Fla, mas é o Corinthians em casa. Um clube imenso. O Flamengo foi lá, colocou no bolso e a sensação era de uma equipe profissional contra um time pequeno sub-23", avaliou.

Pela qualidade apresentada pela equipe nas últimas partidas, Burlá compreende as comparações entre o time de Renato Gaúcho e o de Jorge Jesus. "O Flamengo está jogando uma bola muito bonita de ver e resgatando ótimos momentos do time do Mister. Sempre acho justo lembrar que o Flamengo, com Rogério Ceni, jogou um bom futebol em alguns momentos também", concluiu.

Ouça o podcast UOL Flamengo e confira também o debate sobre a necessidade do clube se reforçar, já que deve sofrer em breve com o 'fantasma' das convocações de seleções.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir UOL Flamengo, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Amazon Music e YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL