PUBLICIDADE
Topo

Videos

Japoneses criam insetos de estimação, e rinha de besouro inspirou Pokémon

27/07/2021 04h00

No verão, as crianças japonesas saem de casa para caçar cigarras. À noite, as famílias se reúnem para ver vagalumes iluminarem os bosques. Por todo o país, meninos e meninos criam besouros para lutar em arenas improvisadas. Os japoneses amam insetos e esse amor rendeu uma das instituições mais japonesas possíveis: Pokémon.

Nessa série de vídeos, o canal do UOL Esporte mostra curiosidades do Japão, sede das Olímpiadas 2020. Acompanhe a cobertura dos Jogos no UOL.

Insetos de estimação no Japão

Você alguma vez já pensou em ter um bichinho desses de estimação?

Bom, você não deve ser japonês. Se aqui no Ocidente, os insetos provocam nojo e repulsa, no Japão esses animaizinhos são uma paixão nacional. Especialmente pras crianças. No verão, um estrangeiro pode se incomodar com esse som irritante...

Mas para uma criança japonesa, esse som é música e significa que é hora de sair de casa pra caçar. Além de anunciarem a chegada do verão, as cigarras estão enraizadas na cultura do país. A metamorfose da cigarra é um símbolo de renovação para o budismo, religião de grande parte da população.

Quando não estão caçando insetos, os japoneses se reúnem no começo da noite para ver vagalumes iluminarem os bosques. No folclore japonês, a alma se separa do corpo na forma de uma chama que sobe aos céus. Quando um campo de batalha era tomado por vagalumes, os antigos samurais acreditavam que eles eram a alma dos mortos na guerra. E o vagalume passou a ser um símbolo dos guerreiros que morreram com honra.

Os japoneses aprendem desde cedo detalhes da anatomia dos mais variados insetos, de borboletas coloridas a esses besouros rinocerontes.

Alguns, eles levam para casa e tratam como pets. Outros eles criam pra brigar. Uma das brincadeiras favoritas dos japonezinhos é abrir seus tapaware e tirar os monstrinhos para duelar.

Um desses meninos apaixonados por insetos era o Satoshi Tajiri. Depois de colecionar besouros, borboletas, grilos e cigarras, ele resolveu transformar suas lembranças de infância em videogame e criou a saga Pokemón. É por isso que muitos Pokemóns são versões turbinadas de insetos muito populares no Japão.

Videos