PUBLICIDADE
Topo

Videos

Como nasceu o miojo: japonês criou macarrão instantâneo no quintal de casa

24/07/2021 04h00

Todo mundo já comeu miojo, mas você sabe como foi criada essa iguaria? O macarrão frito foi uma febre no Japão dos anos 50, ideia de um visionário chamado Momofuko Ando, que mais tarde seria conhecido como o "Samurai Noodle".

Nessa série de vídeos, o canal do UOL Esporte mostra curiosidades do Japão, sede das Olímpiadas 2020.

A incrível história do miojo

Com a olimpíada o Japão vai entrar nas nossas casas. Não que ele já não esteja.

Um dos produtos mais consumidos no mundo é o miojo, e eu posso apostar que em algum momento da sua vida essa mistura de macarrão, gordura vegetal, água quente e um tempero que ninguém sabe direito do que é feito, já foi sua refeição.

Já aconteceu comigo. E embora eu não tenha muita saudade da época que eu comia muito essa iguaria, eu tenho que admitir: a história do macarrão instantâneo é muito legal.

Tudo começou com este homem, Momofuku Ando, conhecido também como o "Samurai do Miojo". Em 1958, cerca de 10 anos depois do Japão perder a Segunda Guerra, os japoneses enfrentavam filas longas para comprar macarrão cozido, o lamen, que já era um prato muito popular por lá.

O Momofuku quis tentar resolver esse problema. Comprou máquinas de fazer macarrão de segunda mão e foi pra uma cabana que tinha no quintal de casa. Depois de muita tentativa e erro, ele encontrou um jeito de juntar o macarrão em blocos, fritar esse tijolo amarelo e depois tirar a água, minimizando o risco de microorganismos se desenvolverem no produto, o que, claro, aumentou a validade do macarrão.

Depois, era só colocar o miojo de volta em água quente, para que ele parecesse fresco novamente. Ou quase.

A praticidade do macarrão instantâneo deu aos japoneses mais tempo para fazer outras coisas que japoneses fazem, como trabalhar muito, separar o lixo minuciosamente e criar robôs cada vez mais assustadoramente humanos.

O produto virou o alimentou perfeito para quem queria pagar pouco e não tinha muito tempo a perder.

No Brasil, nós conhecemos o macarrão instantâneo como miojo por causa de uma empresa que na época era concorrente da Nissin, a Myojo Foods, que serviu de inspiração para o empresário chinês que lançou o produto por aqui, em 1965.

Se você gosta muito de comer miojo, é sempre bom lembrar que essa não é a comida mais nutritiva do mundo, principalmente pelo alto teor de sódio do tempero que acompanha o alimento.

Mas isso não apaga a história do miojo e nem do Momufuko Ando, que de fato virou um samurai, nessa animação feita pela Nissin em 2020.

Videos