PUBLICIDADE
Topo

Podcast

UOL Corinthians

O podcast para os torcedores do timão


ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

UOL Corinthians #16: Timão sofre êxodo, mas não deve se iludir por reforços

Do UOL, em São Paulo

15/06/2021 16h00

Com as saídas de Camacho, Otero, Ramiro e Jemerson, o Corinthians alivia sua folha salarial, mas ainda assim não dá para pensar em reforços. O clube passa por dificuldades financeiras e este alívio na folha salarial não significa que o clube vai investir na contratação de reforços para suprir estas ausências.

No podcast UOL Corinthians #16 (ouça na íntegra no episódio acima), o apresentador Pedro Lopes e o setorista Yago Rudá analisam o impacto destas quatro perdas para o time e explicam como a situação econômica do clube o impede de sonhar com contratações.

"Com essas quatro saídas, o Corinthians consegue abrir mais do que 20% de sua folha e enxugar legal o valor que ele paga aos seus atletas profissionais. Por conta disso, e aí é uma situação delicada, caso seja de interesse do Sylvinho e da diretoria e haja uma oportunidade de mercado, o Corinthians pode buscar um ou outro jogador para o Brasileiro. A chance de isso acontecer é pequena. É bom a torcida ter pés no chão e entender que a prioridade não é essa", disse Rudá.

Na visão do repórter, o time perderá jogadores importantes, mas estas saídas se enquadram na política de redução de gastos do clube. "O Sylvinho contava com os quatro. Essas saídas têm a ver com a política de cortes de gastos. Tecnicamente, embora nenhum deles seja unanimidade, todos são úteis. São saídas importantíssimas", comentou.

Rudá destacou a importância dos quatro atletas que se despendem do Parque São Jorge, e reforçou que o Corinthians, caso vá ao mercado em busca de reforços, tem outra prioridade. "Acho o Jemerson o melhor deles e ele tem mercado na Europa e na maioria dos clubes brasileiros. A torcida critica muito o Camacho, mas ele foi titular na reta final do Mancini e só perdeu a vaga porque o Sylvinho, estudando o time, entendeu que é melhor jogar com três volantes por conta da característica de passe do Cantillo. O Ramiro é uma liderança dentro do elenco. O Corinthians vive um dilema, porque a grande carência está no setor ofenisvo", concluiu.

Ouça o podcast UOL Corinthians e confira também a discussão sobre a avaliação positiva do início de trabalho do técnico Sylvinho.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir UOL Corinthians, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL