PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Arnaldo: Ninguém vai querer pegar o Fortaleza no sorteio da Copa do Brasil

Do UOL, em São Paulo

12/06/2021 04h00

O Fortaleza lidera o Campeonato Brasileiro após duas vitórias sobre Atlético-MG e Internacional, esta por 5 a 1, nas rodadas disputadas, além de ter se garantido nas oitavas de final da Copa do Brasil com a vitória por 3 a 0 diante do rival Ceará, com o trabalho do técnico argentino Juan Pablo Vojvoda mostrando um bom início com resultado e futebol ofensivo.

No podcast Posse de Bola #133, Arnaldo Ribeiro afirma ver o time com mais fatores em relação ao bom período que já teve com Rogério Ceni e considera que o Fortaleza é o adversário que ninguém quer encontrar no sorteio da próxima fase da Copa do Brasil.

"O Fortaleza já era gostoso de ver jogar na época do Rogério Ceni, convenhamos, o time tinha personalidade, tinha alternativa de jogo e agora tem alguns requintes, sistema diferente, três zagueiros sendo que só um é zagueiro, aproveitando alguns jogadores que estavam, o Wellington Paulista voltou a ser titular absoluto, meteu três no Ceará no clássico com requintes e lidera o Brasileiro, jogando contra o Atlético-MG e o Internacional", diz Arnaldo.

"Quando tiver o sorteio, ninguém vai querer pegar o Fortaleza do Vojvoda, porque é um time muito certinho e aí tem alguns técnicos que vêm de fora e conseguem, a maioria consegue, muito rapidamente mudar o estilo e implementar o estilo rapidamente mesmo sem semanas completas para treinar. Você vê o Fortaleza e o time tem a cara do sujeito que acabou de chegar, o time joga de uma forma completamente diferente do que jogava e joga bem, joga de uma forma agradável, competitiva e agradável, é uma das grandes surpresas da temporada até agora, surpresa boa", completa.

Arnaldo também comenta a mudança na Copa do Brasil que incluiu os times da Libertadores já na terceira fase e considera que, embora tenha sido ruim em termos de calendário, ela se mostrou interessante em termos de criar o fator surpresa, considerando os grandes que já foram eliminados, como Palmeiras, Internacional e Corinthians.

"A fase a mais da Copa do Brasil não fazia o menor sentido em relação ao calendário, nenhum, era mais duas datas para os clubes que disputam mil coisas. Porém, a fase a mais da Copa do Brasil permite essa situação que a Copa do Brasil se caracterizou, as surpresas. Não do Fortaleza, a do CRB, do Juazeirense, 4 de Julho um pouco, eliminou o Cuiabá, e assim vai", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol