PUBLICIDADE
Topo

Podcast

UOL Palmeiras

O podcast para os torcedores do verdão


ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

UOL Palmeiras #11: Postura do clube com Chú Santos não é suficiente

Do UOL, em São Paulo

11/05/2021 16h00

Chú Santos causou polêmica com seu comentário nas redes sociais sobre a morte do comediante Paulo Gustavo. As declarações da jogadora, que também faz parte da seleção brasileira, pegaram muito mal tanto dentro como fora do Palmeiras. O clube multou a atleta, que se desculpou por suas declarações.

No podcast UOL Palmeiras #11 (ouça na íntegra no episódio acima), o apresentador Pedro Lopes e os colunistas Alicia Klein e Danilo Lavieri analisam como o Palmeiras lidou com a questão, e consideram que a postura do clube em multar a atleta não foi o suficiente.

"Eu acho pouco. Homofobia e preconceito religioso são crimes. É mais do que um comentário infeliz. A gente sabe do impacto que isso tem nas pessoas com a perpetuação desse tipo de preconceito. Acho bastante complicado aceitar que ela continue representando tudo o que o Palmeiras representa e sendo a cara do clube alguém que diz esse tipo de coisa", opinou Alicia

Lavieri concorda, e explica como o assunto foi tratado no clube. "Mais do que infeliz, a frase dela pode ser considerada um crime. Pegou muito mal internamente, com Puma, Crefisa e jogadoras do elenco e de outros times. O futebol feminino luta há anos contra diversos preconceitos. Uma atleta falar algo desse tipo não ajuda em nada. Ela foi multada no salário, mas o valor não foi revelado, e também advertida. A ideia do Palmeiras é que ela aprenda com o erro. Precisa ver se essa postura vai satisfazer as atletas do Palmeiras, com essa coisa meio parcial que foi feita com a Chú", disse o colunista.

Na visão de Alicia, a punição imposta pelo Palmeiras dificilmente fará com que a jogadora mude de atitude. "Ela pediu desculpas porque foi obrigada. Acho difícil que alguém que tenha esse tipo de pensamento vai pensar diferente no dia seguinte só por ter se desculpado por pressão interna do clube, do elenco e dos parceiros comerciais. Ela vai deixar de fazer esses comentários publicamente, mas não vai deixar de ser uma pessoa profundamente preconceituosa", concluiu.

Ouça o podcast UOL Palmeiras e confira também o debate sobre se o Palmeiras deveria usar os titulares na reta final do Campeonato Paulista ou manter o foco na Libertadores.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir UOL Palmeiras, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL