PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Mauro: Pelas circunstâncias, Fluminense fez jogo interessante com o Junior

Do UOL, em São Paulo

08/05/2021 04h00

O Fluminense empatou como visitante com o Junior Barranquilla, pela Libertadores, em jogo que acabou sendo realizado em Guayaquil, no Equador, devido às tensões políticas vividas na Colômbia, isso quando a delegação do clube brasileiro já estava em território colombiano, tornando a logística mais complicada.

No podcast Posse de Bola #123, Mauro Cezar Pereira analisa o futebol apresentado pelo time de Roger Machado nas circunstâncias que precisou encarar e avalia que o Fluminense se saiu até melhor diante do Junior em comparação ao jogo anterior, com o Independiente Santa Fe, quando venceu, mas ficou com um jogador a menos e foi pressionado durante parte do jogo.

"O Fluminense, eu achei o resultado melhor do que o da semana passada. Acho o time do Junior Barranquilla mais interessante que o do Santa Fe, que pressionou muito o Fluminense em uma situação em que o Fluminense ficou muito acuado, isso é uma coisa que eu não gostei, falei há uma semana, e tomando pressão de um time com limitações, jogando bola na área e o Marcos Felipe fazendo grandes defesas. Foi heroico, aquela coisa, time de guerreiros, mas não foi uma atuação tão boa", diz Mauro.

"Eu achei melhor nas circunstâncias. Vamos lá, logística maluca, os jogadores mal dormiram, comeram sei lá onde, vai para lá, vem para cá, não sabe que horas que volta, o árbitro inventou um pênalti bizarro no começo do jogo, não foi pênalti, ele estava do lado e inventou um pênalti contra o Fluminense, aí o Fluminense toma o gol, o Kayky empata e depois o jogo foi, o Fluminense criou chances e tal, foi um jogo, nas circunstâncias, bem interessante", completa.

Com a liderança do grupo D pela vantagem no número de gols marcados em relação ao River Plate, que tem os mesmos 5 pontos que o Fluminense, Mauro vê boa perspectiva para o time de Roger Machado na próxima rodada, diante do Independiente Santa Fe, para encaminhar a classificação.

"O Fluminense vencendo esse jogo, vai para 8 pontos, aí acho que fica em situação bem mais tranquila porque o Junior vai receber o River, depois os colombianos vão se enfrentar na última rodada, o Fluminense recebe também o Junior, então acho que o Fluminense está bem encaminhado, a chave não é que seja fácil, mas ela é muito acessível para o Fluminense", diz Mauro Cezar.

"O Fluminense não é pior que esses times colombianos, dá para fazer mais, achei ontem melhor que semana passada no conjunto da obra, a atuação do time eu achei bem aceitável. Não dá para tratar esse jogo 'vamos analisar taticamente', espera aí, os caras viajaram para lá, o jogo iria ser em um lugar, mudou para outro, começa o jogo e o camarada inventa um pênalti contra o Fluminense. Teve várias situações ali que aconteceram que têm que entrar na avaliação", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol