PUBLICIDADE
Topo

Podcast

UOL Flamengo

O podcast para a nação rubro-negra


ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

UOL Flamengo #9: Como Gabigol se tornou a cara do Fla

Do UOL, em São Paulo

27/04/2021 16h00

Apesar dos deslizes fora de campo, Gabigol caminha a passos firmes para se tornar um dos maiores ídolos da história do Flamengo. Nem a polêmica ida a um cassino clandestino no meio da pandemia parece afetar a imagem do jogador, cada vez mais em lua de mel com a torcida rubro-negra.

No podcast UOL Flamengo #9 (ouça na íntegra no episódio acima), o apresentador Pedro Lopes, o setorista Leo Burlá e a colunista Alicia Klein comentam como o episódio do cassino ficou esquecido e o atacante reforçou sua posição de principal jogador em atividade no Brasil.

"Esse é o Flamengo do Gabigol, embora se tenha Arrascaeta, Everton Ribeiro e Bruno Henrique. A verdade é que ele foi mais um irresponsável num mar de irresponsáveis na pandemia. Como ele tem jogado bem e o Flamengo também, fica um assunto superado. Por tudo o que ele fez e vai continuar fazendo, vai ficar para a história. Foi um ato de irresponsabilidade, mas acho que a torcida já apagou isso", analisou Alicia.

Burlá concorda e acredita que o atacante é o maior nome do futebol nacional no momento. "Ele tem tudo a favor. Tem a maior torcida do Brasil o colocando no colo, um salário maravilhoso, um clube que lhe dá do bom e do melhor e um time maravilhoso. O que mais ele pode querer? O Gabigol ocupa uma lacuna de maior ídolo do futebol brasileiro. Esse trono é dele. Ele ganhou um tamanho imenso", analisou.

Para Alicia, a presença de um jogador como Gabigol tem contribuição decisiva para o time não ser tão afetado em momentos ruins. "O Flamengo tem essa figura do ídolo e isso ajuda nos piores momentos a superá-los, especialmente quando há uma cobrança muito grande em cima do treinador. Gabigol é a cara do Flamengo. Ele nunca vai ser o Zico, mas já vai garantindo seu lugar como segundo maior da história do Flamengo", concluiu.

Ouça o podcast UOL Flamengo e confira também o debate sobre como a ausência da torcida no estádio afeta o desempenho da equipe em campo e o impacto nos cofres do clube.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir UOL Flamengo, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Amazon Music e YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL