PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Juca: Renato acaba saindo muito bem do Grêmio, deixa um saldo positivo

Do UOL, em São Paulo

17/04/2021 04h00

Renato Portaluppi encerrou com a demissão, após a eliminação na fase preliminar da Libertadores, um longo ciclo no comando do Grêmio, clube no qual é ídolo pelas conquistas como jogador e técnico, tendo até uma estátua sua, mas agora deverá voltar ao mercado em uma situação diferente, sem ter a unanimidade que tinha no tricolor gaúcho pela história que construiu.

No podcast Posse de Bola #117, Juca Kfouri afirma que Renato deixa o clube com um saldo positivo, além de não ter o desgaste de estar no banco na derrota em casa para o Independiente Del Valle que causou a eliminação da Libertadores e teve reflexo em sua demissão.

"Renato acaba saindo muito bem do Grêmio, deixa um saldo sem dúvida alguma positivo nesses quatro anos, saiu sem estar testemunha ocular no gramado da eliminação, perdendo em casa, então resolve em um telefonema, sem crise, sem torcedor na porta do estádio para xingá-lo. Acho que sai leve, quer dizer, não derruba a estátua, o que já é muito, é legal, fica lá a estátua", diz Juca.

"Agora, em qualquer outro clube ele não terá evidentemente o reinado que teve no Grêmio e para tanto então terá de se apresentar com ideias, digamos, mais factíveis e menos arrogantes, menos de garganta para fora. O discurso do 'vamos ganhar', 'vamos chegar', 'estamos disputando as finais', isso tudo no Grêmio foi digerível, em outro clube qualquer não seria", completa.

O jornalista afirma que Renato precisará retomar a maturidade que demonstrou durante sua passagem pelo Grêmio, mas que em sua opinião acabou deixada de lado na fase final.

"Eu diria a ele, como poderia dizer ao Neymar, 'olha Renato, está na hora de amadurecer, chegada molecagem. Ele já evoluiu nos últimos tempos para cá, mas nos penúltimos tempos para cá, nos últimos tempos ele teve uma recaída e está na hora de ele ser o Renato Portaluppi e deixar de ser o Renato Gaúcho", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol