PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Arnaldo Ribeiro: Palmeiras vai para decisões com poucas horas de treino

Do UOL, em São Paulo

06/04/2021 04h00

Com Abel Ferreira de volta ao Brasil e comandando os treinamentos desde a última semana, o Palmeiras inicia amanhã uma série de jogos decisivos pela Recopa Sul-Americana, contra o argentino Defensa y Justicia, e pela Supercopa do Brasil, diante do Flamengo, três jogos em um intervalo de dez dias, sendo que a equipe não teve partidas para se preparar devido à paralisação do Campeonato Paulista.

No podcast Posse de Bola #114, Arnaldo Ribeiro analisa como o clube alviverde chega para a disputa dos dois títulos e destaca a baixa quantidade de horas que o time teve de treinos acompanhando pelo técnico português e contando com todos os jogadores, considerando que a equipe não se preparou.

"O Palmeiras em relação ao Defensa y Justicia e ao Flamengo, ele agora, há cinco dias, começou a treinar completo, com a volta do Abel Ferreira de Portugal, com a volta de todo o grupo de jogadores, tiveram férias escalonadas, então são cinco dias de treino e três partidas decisivas nesse aspecto, é um clube que na verdade não se preparou, ele se juntou novamente e vai para essas partidas com poucas horas de treino e com apenas um reforço", diz Arnaldo.

"O Palmeiras foi ao mercado, mas não contratou, teve cautela, então é praticamente o mesmo grupo e o Abel Ferreira tem esses desafios e entendo que para o Palmeiras poderia, se tivesse ele jogando partidas, só jogou uma nesse intervalo contra o São Bento, partida em Volta Redonda, para preparar o time não pôde preparar, ao contrário, por exemplo, do Flamengo, que tem uma sequência mais lógica, com o Rogério há mais tempo", completa.

Por outro lado, o jornalista destaca a oportunidade que Abel Ferreira tem de aumentar seus feitos na passagem pelo Palmeiras depois de ter vencido a Libertadores e a Copa do Brasil, com a chance de fazer uma sequência semelhante à do conterrâneo Jorge Jesus.

"Quando você ganha, já tem a estatística, se o Abel vencer a Recopa e a Supercopa, ele vai se tornar um dos treinadores mais vitoriosos da história recente do Palmeiras, porque você vai acumulando troféus, foi assim com o Flamengo no ano passado também, com a mesma situação, com a Supercopa e a Recopa, o Flamengo teve o Athletico-PR pela Supercopa e o Independiente Del Valle pela Recopa, e no final das contas está lá na galeria dos troféus do Jorge Jesus, antes de ele voltar para Portugal, ele botou esses dois troféus na prateleira e o Abel volta a tempo de disputar essas duas partidas da Recopa e a Supercopa um jogo único com o Flamengo", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol