PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Mauro: Neymar começa a deixar patamar de destaques para virar cara polêmico

Do UOL, em São Paulo

05/04/2021 17h55

De volta ao time do Paris Saint-Germain após recuperação de lesão e em uma semana importante, com jogo valendo a liderança do Campeonato Francês e as quartas de final da Liga dos Campeões, Neymar foi expulso na derrota diante do Lille, viu sua equipe deixar a liderança da competição nacional e foi novamente alvo de críticas.

No podcast Posse de Bola #114, Mauro Cezar Pereira comenta a expulsão do jogador, que considera exagerada por parte da arbitragem, mas destaca como a forma como o brasileiro se irrita facilmente e dá margem para ser um jogador que aparece mais pelas polêmicas do que pelo próprio futebol que o levou ao status de estrela do esporte.

"Neymar teve um final de semana muito ruim depois de uma longa inatividade, e o que impressiona é que ele continua entrando na pilha, pegando a pilha como sempre aconteceu, ele se irrita muito facilmente, os adversários não têm muita dificuldade para tirar sua tranquilidade. Ele toma muitas faltas, é verdade, mas ou ele aprende a jogar assim ou vai ficar a vida inteira nessa situação, perdendo a cabeça, sendo expulso, o time sendo prejudicado", diz Mauro Cezar.

"Um jogo importante, uma oportunidade para o Neymar brilhar, levar seu time à vitória, se destacar, aumentar a confiança da torcida e do time para o jogo contra o Bayern. Foi tudo ao contrário, o time perdeu a liderança do campeonato, o Lille abriu três pontos, o Lyon empatou, então o Lille ficou até mais a vontade na tabela, o título francês está bem difícil de se conseguir, não está fácil, um campeonato muito equilibrado, o Monaco também entrou na briga, tem quatro times brigando pelo título, separados por cinco pontos", diz Mauro.

"Eu imagino que o estado de ânimo do grupo, dos jogadores, evidentemente, não é o melhor para o jogo contra o Bayern, pela derrota e pela maneira como o seu jogador mais famoso e importante saiu, eu já nem sei se ele é mais importante, tenho dúvidas se é ele ou o Mbappé. Nos últimos jogos foi o Mbappé, esse era um jogo para ele brilhar e ele não brilhou, não fez um bom jogo, foi um primeiro tempo razoável e depois caiu", completa.

Mauro afirma que Neymar procurou o jogo diante do Lille, mas se perdeu mais uma vez em discussão com jogador adversário e acabou virando assunto pela indisciplina, enquanto não faz um jogo de destaque pelo Paris Saint-Germain há bastante tempo, até pela frequência das lesões do jogador brasileiro.

"Ele procura o jogo, tem a iniciativa, ele está tentando, a própria ação dele na expulsão mostra isso, queria bater o lateral, colocar a bola em jogo, tentando o empate, mas ele precisa aprender a lidar com isso, enquanto ele não souber lidar com isso, realmente vai ter muitos problemas", diz o jornalista.

"Eu acho que ele está meio que caindo, com essas atitudes ele começa a sair daquele patamar dos maiores destaques para virar um cara polêmico e nada muito além disso, até porque não foi uma grande atuação, desde o Manchester United que eu acho que ele não faz uma grande atuação assim digna de elogios, lá atrás na fase inicial da Liga dos Campeões", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol