PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Willian: O melhor treinador que eu tive foi o Mourinho

Do UOL, em São Paulo

28/02/2021 04h00

Com 14 anos atuando no futebol europeu, o brasileiro Willian trabalhou com treinadores de personalidades bastante distintas e afirma ter aprendido com todos, inclusive com Mikel Arteta, seu atual técnico no Arsenal, mas afirma que o melhor que já teve foi o português José Mourinho.

Em entrevista a Mauro Cezar Pereira no programa Dividida, do UOL Esporte, Willian fala sobre o aprendizado que teve com o português que atualmente dirige o Tottenham e explica os motivos pelos quais o considera o melhor técnico que teve na carreira.

"Eu sempre digo que o melhor treinador que eu tive foi o Mourinho. Eu sempre digo isso, eu acho que eu aprendi muito com ele, foi um treinador que me deu muita confiança, eu estava vindo da Rússia, chegando no Chelsea com muitos jogadores na minha posição ali, tinha muitos jogadores na minha frente, e ele acabou apostando em mim", afirma o jogador.

"Eu aprendi muito com ele no dia a dia, a forma que ele dá as reuniões, a forma que ele fala, enfim, até mesmo a forma de incentivar também os jogadores, a forma de motivar para poder jogar sempre em alto nível, então com ele realmente foi um treinador que eu aprendi muito e sem dúvida foi o melhor que eu tive", completa.

Na análise que faz sobre o que agregou em seu futebol durante o trabalho com treinadores como Mircea Lucescu, Guus Hiddink, José Mourinho, Antonio Conte, Maurizio Sarri, Frank Lampard e Mikel Arteta, Willian cita que o principal aprendizado o posicionamento e a marcação.

"Eu aprendi muito com todos os treinadores que eu trabalhei, a gente sempre consegue pegar alguma coisa, aprender alguma coisa, e acho que taticamente eu aprendi muito a defender também, creio que agreguei muito no meu futebol, aprender a defender, aprender a me posicionar quando a equipe adversária está com a bola, então, são coisas que eu agreguei durante todo esse tempo, com vários treinadores diferentes", diz Willian.

"Com a bola também, creio que agreguei muitas coisas, a saber me posicionar, saber me posicionar mais longe do adversário para ter um tempo de dominar a bola, a saber me posicionar entre linhas também, para receber a bola, então, creio que a gente sempre agrega e eu agreguei muitas coisas durante todo esse tempo com vários treinadores diferentes", conclui.

O Dividida vai ao ar às quintas-feiras, às 14h, sempre com transmissão em vídeo pela home do UOL e no canal do UOL Esporte no Youtube. Você também pode ouvir o Dividida no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e Amazon Music.

Futebol