PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Mauro: Hoje, Hugo não tem condições de ser o goleiro titular do Flamengo

Do UOL, em São Paulo

27/02/2021 04h00

O jovem goleiro Hugo surgiu na temporada em meio a um surto de covid no elenco do Flamengo, se destacou e ganhou espaço como titular, principalmente devido às lesões sofridas por Diego Alves, mas, como já havia ocorrido na Copa do Brasil, na derrota para o São Paulo, pela última rodada do Brasileirão, ele cometeu erros que por pouco não custaram o título.

No podcast Posse de Bola #103, Mauro Cezar Pereira cita a cobrança de falta de Luciano e goleiro sofrendo o gol no seu canto, além da falha na saída de bola que ocasionou o segundo, marcado por Pablo, e diz que o goleiro hoje não tem condições de ser o titular do Flamengo, cometendo erros grandes, ainda que tenha grande potencia.

"Sobre o Hugo, eu vou ser muito direto. Pode vir a ser um goleiro espetacular, pode ser o novo Dida, pode ser o que for. Hoje, ele não pode jogar como titular do Flamengo, e ele hoje é titular do Flamengo porque o Diego Alves tem muitos problemas físicos, tem se contundido muito. E o Flamengo não pode ter um goleiro como ele", diz Mauro Cezar.

"Embora debaixo das traves faça ótimas defesas, toma gol de falta como tomou do Diego Souza no canto dele, toma gol de falta como tomou ontem [quinta-feira], foi um absurdo, no canto dele, a bola passou entre o Pablo e o Rodrigo Caio. No canto do goleiro, a bola não pode entrar, ainda mais um goleiro grande como ele. Como é que funciona a barreira? Um lado é a barreira que protege, o outro é o goleiro", completa.

Além dos erros no posicionamento em cobranças de falta, Mauro Cezar também chama a atenção para a baixa qualidade no jogo com os pés, com o goleiro optando muitas vezes por um chutão que não permite que o time trabalhe a bola a partir da defesa.

"Aquela reposição, primeiro, não dá para jogar dando chutão. Não adianta você ter uma zaga com Arão, que virou zagueiro, Rodrigo Caio, que tem boa saída de bola, o Filipe Luís volta para fazer a saída de bola, Diego, e um goleiro que dá chutão o tempo todo. Mas vamos que vamos, vai assim mesmo porque não tem opção. Desta vez, nem o chutão ele conseguiu acertar", diz o jornalista.

"Analisando friamente, ele não tem condições de ser titular do Flamengo e ele hoje é o titular. Porque não dá para ter um goleiro que dá chutão toda hora, não é compatível com a qualidade do time e com o futebol jogado hoje um goleiro que dá chutão a todo instante. É o inverso do que às vezes acontece quando a gente fala do goleiro que quer sair jogando de forma perigosa, porque o time não constrói muitas vezes, a bola é rifada toda hora pela insegurança dele", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol