PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mauro: Surpreendeu o Diniz ter permanecido, tomar de 5 dessa maneira não dá

Do UOL, em São Paulo

23/01/2021 04h00

A goleada sofrida diante do Internacional por 5 a 1 em pleno Morumbi deixou um ambiente de pressão no São Paulo, mas o técnico Fernando Diniz foi mantido mesmo sob pedidos da torcida por sua saída e comanda hoje o time diante do Coritiba, tentando a recuperação para voltar à liderança do Campeonato Brasileiro.

No podcast Posse de Bola #93, Mauro Cezar Pereira afirma ter ficado surpreso com a manutenção do técnico após uma derrota histórica do São Paulo no Morumbi, a sete rodadas do fim da competição que o clube tenta conquistar novamente depois de 12 anos.

"A coisa realmente desmoronou e me surpreendeu o fato de ele ter permanecido no cargo, acho que é muito em função do fato de faltarem poucos jogos, não ter muita opção no mercado, porque, realmente, essa goleada, tomar de 5, tomar de 4 dessa maneira, não dá, você vai sair com várias escoriações, não são ferimentos leves, você sai todo arrebentado e até passar lá um remedinho e esse negócio sarar demora muito, porque não dá, é muito humilhante?, diz Mauro Cezar.

"O São Paulo parecia não saber quem era o Internacional e o Inter fez exatamente aquilo que se esperava dele, e por isso também foi muito bem-sucedido nessa goleada histórica", completa.

O jornalista afirma que a derrota é pior que a do Corinthians por 4 a 0 no clássico diante do Palmeiras, na última segunda-feira (18), pelo fato de o São Paulo sofrer o 5 a 1 em sua casa e sendo o líder da competição até então.

"No caso do São Paulo é pior, você tomar uma porrada dessa quando estava liderando o campeonato, você perder a liderança tomando de 5 em casa. O Corinthians perdeu de 4 para o Palmeiras, sim, mas o Corinthians não estava liderando o campeonato, o Corinthians o seu treinador resolveu fazer um jogo mais franco e não está preparado para isso", completa.

Mauro lembra que há poucas semanas o torcedor são-paulino vislumbrava a possibilidade de encerrar o jejum de títulos com o time estando na semifinal da Copa do Brasil e liderando o Campeonato Brasileiro com boa margem, mas viu o time cair para o Grêmio perder a primeira colocação nos pontos corridos de forma vexatória para o Inter.

"Ele poderia ter pensado dessa maneira, poderia ter se preparado melhor para esse jogo e isso não aconteceu. 5 a 1, cara, não dá para tratar como uma coisa que 'vamos lá, tudo bem, segue'. É muito duro. E no caso do São Paulo, o que acontece com a torcida do São Paulo é um negócio muito sério, o Casares que assumiu agora a presidência tem que se ligar nisso. São várias porradas com requintes de crueldade que o torcedor do São Paulo tem tomado, são várias", afirma Mauro Cezar.

"Essa situação, quando parece que vai, não vai. Agora, a eliminação para o Grêmio foi no dia 30, e agora no dia 20 a goleada do Internacional. Então, em três semanas, exatamente em três semanas, o São Paulo fez o seguinte com o torcedor 'olha, podemos ser campeões da Copa do Brasil e da Série A'. Aí, de repente, 'não vai ser campeão da Copa do Brasil e na Série A perdemos a liderança tomando de 5'. Em três semanas, é pesado, não é pouco, não", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol