PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Juca Kfouri: "Falta ao Atlético-MG um centroavante, o time perde muitos gols"

Do UOL, em São Paulo

20/01/2021 04h00

O Atlético-MG voltou a vencer no último domingo (17) em partida contra o Atlético-GO, em Belo Horizonte, para se reaproximar da liderança do Campeonato Brasileiro e enfrenta na noite de hoje o Grêmio, em Porto Alegre, em um dos três confrontos que reúnem os seis primeiros colocados da competição na 31ª rodada, que pode ser decisiva para a reta final na disputa pelo título.

No podcast Posse de Bola #92, Juca Kfouri analisa a atuação do time treinado pelo argentino Jorge Sampaoli no jogo com o Atlético-GO e aponta ainda como problemas a falta de um centroavante mais efetivo devido aos gols perdidos e também a escalação de Réver como zagueiro titular, mas vê o Galo crescendo de forma discreta.

"Curiosamente, ainda lhe falta um centroavante, porque o que esse time perde de gols e o Vargas não está sendo capaz de fazê-los, até porque não é exatamente, não tem o perfil exatamente de um artilheiro. Mas o primeiro tempo do Galo foi delicioso e o que esse menino Savarino está jogando de futebol é uma grandeza. Mas, de fato, quem fala no Savarino no Campeonato Brasileiro? Ninguém. É mais um", diz Juca.

"A minha dúvida em relação ao Galo é que eu acho que vai ser, de alguma maneira, a demonstração do quanto 2020 e 2021 significam um recuo no padrão que o futebol brasileiro vinha se acostumando em função do campeonato de 2019, é que não dá para ser campeão com o Réver de zagueiro, não é possível. E o Galo está chegando, de fato, ao que tudo indica vai ficar a um ponto também do São Paulo. Agora, 'mineiramente', porque nós todos tínhamos descartado o Galo e rotulado que o Sampaoli, apesar de ser um ótimo técnico, decepcionou", completa.

O jornalista afirma que o calendário alterado devido à pandemia acaba mudando a análise do que apresenta cada time, o que deixa o campeonato em aberto, mas aponta entre os jogos dos líderes um risco ao São Paulo de despencar na classificação no caso de derrota para o Internacional, o que pode abrir espaço para o próprio Inter e o Atlético-MG.

"É verdade, a cada rodada muda muitas coisas nesse campeonato e como as rodadas se sucedem em uma velocidade à qual nós não estávamos acostumados", diz Juca.

"De uma coisa eu não tenho dúvida, e pode ser que eu esteja enganadíssimo e daqui dois programas diga 'eu não tinha dúvida e os fatos me desmentiram', se o São Paulo perder para o Inter quarta-feira, o São Paulo vira carta fora do baralho no que diz respeito à luta pelo título e pode reproduzir aquilo que um dia aconteceu com o Palmeiras, não apenas perde o título, como não pega nem classificação entre os quatro primeiros", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol