PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Posse de Bola

Programa semanal de futebol com Juca Kfouri, Mauro Cezar Pereira, Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi


Posse de Bola #88: Luxa no Vasco, Muricy no São Paulo, Libertadores e Neymar

Do UOL, em São Paulo

04/01/2021 13h16

Com a temporada 2020 ainda em andamento, o ano de 2021 começa com algumas novidades no futebol brasileiro, com mudanças na presidência de clubes como Duilio Monteiro Alves no Corinthians, Julio Casares no São Paulo, levando com ele Muricy Ramalho, e ainda no Vasco, também com troca de técnico e a volta de Vanderlei Luxemburgo para tentar tirar o time da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Outra mudança ocorre em relação a Neymar, que tem como 'chefe' no PSG o argentino Mauricio Pochettino.

No podcast Posse de Bola #88, os jornalistas Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira comentam as principais mudanças nos clubes, as chances de salvação do Vasco sob o comando de Luxemburgo, o retorno de Muricy Ramalho ao São Paulo, ainda com eleição distante, a movimentação política no Flamengo, além de Palmeiras e Santos na disputa da Libertadores contra River Plate e Boca Juniors, e de Neymar e seus episódios recentes.

Para Juca Kfouri, a volta de Muricy Ramalho ao São Paulo não é ainda um sinal da modernidade que o novo presidente do clube, Julio Casares, promete na gestão do clube, e vê mais o retorno como uma ação pacificadora e política no líder do Campeonato Brasileiro.

"A contratação do Muricy me parece uma tentativa do Casares reproduzir um esquema já vitorioso no São Paulo, não sei se isto denota à modernidade que o Casares promete no São Paulo", diz Juca Kfouri.

"Com a figura do Muricy e não é apenas a figura do Muricy, também se promete a volta de alguns membros daquela comissão técnica bem-sucedida do São Paulo tricampeão, até como uma concessão ao Abílio Diniz, que também não me parece uma atitude modernizante, me parece uma atitude politica, pacificadora, mas não necessariamente modernizante", completa.

O jornalista acredita que a presença de uma figura tão ligada ao São Paulo como Muricy e com histórico vencedor, com três títulos brasileiros como técnico, do tricampeonato que marcou a última vez que o clube venceu um título nacional, poderá ajudar a blindar o técnico Fernando Diniz no caso de insucesso no Brasileirão atual, do qual é líder.

"É óbvio, o Muricy tem uma história no São Paulo indelével e se ele for capaz de, anos depois, reproduzir isso de maneira a levar o São Paulo de novo às vitórias, aplaudiremos, mas acho que é uma interrogação. Eu não diria que é mais do mesmo porque é o Muricy em uma nova função, e sei que a relação do Muricy com o Diniz é muito boa, então pode ser até uma atitude de proteção ao Diniz caso o São Paulo não venha a ser o campeão brasileiro como a torcida do São Paulo exige e espera", completa.

Volta de Luxemburgo ao Vasco em momento compatível de ambos

Após a demissão do técnico português Ricardo Sá Pinto, o Vasco apostou em Vanderlei Luxemburgo para a missão de tirar o time da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, função que o treinador conseguiu cumprir na temporada anterior.

Em relação ao Vasco e a contratação de Luxemburgo, Mauro Cezar Pereira acredita que o clube deverá escapar do rebaixamento, mas não será nenhum milagre dadas as condições do time cruzmaltino em relação aos concorrentes, assim como vê treinador e clube em momento compatível.

"O time do Vasco com o Ricardo Sa Pinto virou uma grande bagunça, claro que é um absurdo não terem pago, parece que não pagaram o português, tem que pagar o salário do cara, óbvio, mas o trabalho do Sá Pinto foi muito ruim. Foi embora sem deixar saudade, o trabalho dele foi fraco", diz Mauro Cezar.

"O Luxemburgo pode arrumar a casa, vai montar um time reativo, como era com o Ramon, como era com ele, muita marcação, usando um ou outro jogador de velocidade, se defende bem, é o que ele vai fazer e é o que tem que ser feito. Acho que ele vai tirar o time da zona de rebaixamento, os amigos dele da imprensa dirão que ele fez um milagre, mas não é milagre, é uma obrigação, é um ponto, estou falando do Vasco, o Vasco é muito grande", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.