PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Posse de Bola

Programa semanal de futebol com Juca Kfouri, Mauro Cezar Pereira, Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi


Posse de Bola #85: Grêmio bate São Paulo e Palmeiras empata, e o Brasileirão

Do UOL, em São Paulo

24/12/2020 18h04

O Grêmio venceu o São Paulo por 1 a 0 no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil e tem a vantagem do empate na partida do Morumbi, na próxima quarta-feira, para chegar à final, enquanto no outro confronto o Palmeiras ficou no empate em casa com o América-MG, após falha do zagueiro Emerson Santos e gol em cobrança de lateral, deixando a disputa em aberto e sem vantagem a nenhuma das duas equipes no placar.

No podcast Posse de Bola #85, os jornalistas Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira analisam a situação dos dois confrontos, além de comentarem também a rodada do Campeonato Brasileiro que acontece no fim de semana, com o Flamengo na perseguição ao líder São Paulo, podendo colocar pressão na equipe paulista caso vença o Fortaleza no sábado, além do Corinthians, que já começa a brigar por vaga na Libertadores.

Na análise sobre o confronto entre Grêmio e São Paulo, Mauro Cezar vê o primeiro jogo tendo sido muito bom para o time comandado por Renato Portaluppi, ao considerar as condições e o fato de ter vindo de uma eliminação, e acredita que no caso do São Paulo, embora tenha todas as condições para se classificar, o resultado deixa algumas sequelas.

"A gente tem também que entender que o momento do Grêmio era um momento bem delicado, o time vinha de uma eliminação, mais uma eliminação de Libertadores da maneira em que as coisas aconteceram, e estava naqueles dias em que tem que vencer, não importa como, para justamente tentar se recuperar como time até moralmente, porque foi feia a derrota para o Santos na semana anterior. Tanto que o Grêmio só chutou uma bola na direção do gol, foi a bola do gol, uma finalização certa foi o bastante", diz Mauro Cezar.

"O São Paulo teve chances mais claras, agrediu mais, teve mais posse de bola, mas chegou também para esse jogo muito mais organizado, confiante e em bom momento, e o São Paulo teve uma semana para se preparar, jogou com o Atlético-MG na outra quarta, o Grêmio teve compromisso pelo Campeonato Brasileiro. Então acho que para o Grêmio foi muito melhor que qualquer encomenda, porque o time foi ameaçado, o São Paulo teve duas chances claras no segundo tempo pouco antes de sofrer o gol, e o Grêmio conseguiu arrancar a vitória", completa.

O jornalista considera que o histórico do Grêmio na Copa do Brasil e a forma como Renato Portaluppi consegue valorizar o resultado para um confronto eliminatório deixam a situação pendente a favor do time gaúcho.

"A gente sabendo como funciona historicamente o Grêmio, sabe que tendo essa vitória em casa e até em função das duas frentes em que está o São Paulo, eu acho que a disputa ficou bem mais complicada para o São Paulo, o que não significa obviamente que vá ser eliminado, isso aí o jogo vai mostrar, mas eu acho que o São Paulo saiu com um pouco mais que ferimentos leves, porque perdeu um jogo em que poderia ter vencido até", analisa Mauro Cezar.

"Volta para casa obrigado a vencer o jogo por dois gols, um gol não basta e além disso tem compromisso pelo Brasileiro. O Grêmio também tem, mas o Grêmio a essa altura tenta chegar entre os primeiros colocados, o São Paulo defende uma liderança, aí tem que negociar com ele mesmo o que fazer contra o Fluminense, talvez tenha que poupar alguns jogadores, vai depender muito de como os atletas estarão pensando em quarta-feira, pensando pelo fato de uma vitória significa estar a três jogos de um título, o Brasileiro tem 12 jogos, é bem mais", conclui.

O episódio também analisa o futebol jogado pelo Palmeiras, que depois da derrota no fim de semana para o Internacional, empatou com o América-MG contando com um gol em cobrança de lateral e terá de encarar o time mineiro precisando vencer no Independência na próxima quarta-feira.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.