PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mauro: "Lisca é um perigo para o Palmeiras, já eliminou dois da Série A"

Do UOL, em São Paulo

21/11/2020 04h00

O Palmeiras vive um surto de casos de covid-19 no elenco, além de ter o desfalque de atletas importantes que se lesionaram, como Felipe Melo e Wesley, mas conseguiu se classificar às semifinais da Copa do Brasil e terá como adversário o América-MG, do técnico Lisca, time que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro e, em tese, é o mais fraco entre os quatro que se classificaram na última quarta-feira.

Mas no podcast Posse de Bola #75, Mauro Cezar Pereira alerta que o time de Lisca já eliminou dois times de Série A, com as vitórias sobre o Corinthians e o Internacional, e tem uma característica que pode fazer com que o Palmeiras precise sair da forma de jogar que adotou desde o período do interino Andrey Lopes, o Cebola, e manteve com o português Abel Ferreira.

"O Lisca é um perigo para o Palmeiras, já eliminou na sequência dois times da Série A. Eu acho que o América-MG é perigoso, até porque o América-MG deverá colocar para o Palmeiras, talvez seja o primeiro time, até lá está longe ainda, os confrontos estão distantes, falta mais de um mês, mas é possível que até lá o América-MG consiga se preparar para colocar dificuldades para o Palmeiras, para fazer o Palmeiras jogar de uma outra forma, obrigar o Palmeiras a mostrar outros recursos?, analisa Mauro Cezar.

O jornalista afirma que até o momento o time não precisou mudar sua característica de jogar explorando os contra-ataques em velocidade, característica que o próprio Abel Ferreira tinha na montagem de seu time no PAOK, na Grécia, antes de vir ao Brasil.

"O Abel está na verdade dando sequência ao trabalho que ele herdou não do Luxemburgo, mas do Andrey Lopes, o Cebola, e não poderia ser diferente. Que aliás, é uma proposta de jogo que se assemelha muito ao que ele vinha fazendo no PAOK, não é tão diferente assim, então para ele não é tão difícil, ele encontrou um cenário bem favorável", diz Mauro.

"A saída do Luxemburgo e a boa participação do Cebola em um curto período, preparou muito bem o terreno para o novo técnico do Palmeiras, e ele está sabendo utilizar isso, evidentemente. Mas ainda vai enfrentar jogos mais difíceis e não será agora, o cruzamento na Libertadores é bem favorável, os jogos mais cascudos para ele virão depois, o que é bom, ele pode até lá amadurecer um pouco mais o seu próprio trabalho?, conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol