PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Arnaldo: Início de Abel no Inter só reforça o bom trabalho que Coudet fazia

Do UOL, em São Paulo

16/11/2020 18h44

Há algumas semanas o Internacional liderava o Campeonato Brasileiro sob o comando do argentino Eduardo Coudet, enquanto o Grêmio de Renato Portaluppi ocupava a segunda metade na classificação, mas com a saída do técnico no Colorado, substituído por Abel Braga, o time em dois jogos ficou em desvantagem no confronto com o América-MG pela Copa do Brasil, foi derrotado pelo Santos, cheio de desfalques pela covid-19, e viu o Atlético-MG assumir a liderança, enquanto o rival venceu seus jogos em ambas as competições.

No podcast Posse de Bola #74, Arnaldo Ribeiro analisa a queda de rendimento do Inter como um sinal de que Coudet fazia um grande trabalho com o Inter nas condições do clube e vê a possibilidade de o Grêmio ir melhor nas três competições que disputa do que o time de Abel Braga.

"As duas primeiras partidas do Abel tiveram requintes de crueldade, perder em casa para o América-MG na Copa do Brasil, complicando a situação na Copa do Brasil, perder para o time retalhado do Santos na Vila Belmiro e perder a liderança, olha a semana para o torcedor colorado. E aí, eu acho que isso reforça o bom trabalho que o Coudet vinha fazendo, deixando o Inter no mesmo nível do Grêmio em todas as questões, mesmo não vencendo Grenais", diz Arnaldo.

"E agora quem vem aí é a locomotiva, o Grêmio vem aí. O Grêmio não tem o mesmo sorteio do Palmeiras, a mesma felicidade nas bolinhas, mas o Grêmio está vivo nas três competições, ganhou pontos importantíssimos no Brasileiro com o time reserva, então chegou no bloco de cima, está virtualmente, depois de passar pelo Cuiabá, na semifinal da Copa do Brasil, e tem um confronto na Libertadores que não é o Delfín, mas tem uma situação, o Inter tem o Boca Juniors na Libertadores. Virou completamente em uma semana em termos de astral e possibilidades", completa.

O jornalista também destaca que o Grêmio tem chances de vencer tanto na Copa do Brasil como na Libertadores, além de poder ficar à frente do rival no Campeonato Brasileiro em breve.

"O Grêmio vem babando e, se o Renato na adversidade vinha aqui e descascava, agora podendo ganhar tudo, podendo chegar, ele vai poder capitalizar toda essa situação do Grêmio, acho que o Grêmio é um time dos mais fortes, tem um dos melhores elencos, até agora não tinha conseguido juntar todo mundo, está conseguindo juntar, e o Grêmio pode brigar pela Libertadores sim, pode brigar pela Copa do Brasil sim e, se não pelo título brasileiro, para ficar entre os quatro e chegar na frente do Inter", diz Arnaldo.

"A temporada do Grêmio é a seguinte, brigar pelas copas e chegar na frente do Inter no Brasileiro, tudo isso nessa semana se colocou possível", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol