PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Posse de Bola

Programa semanal de futebol com Juca Kfouri, Mauro Cezar Pereira, Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi


Posse de Bola #70: São Paulo massacra o Flamengo, e o Corinthians renasce

Do UOL, em São Paulo

02/11/2020 11h50

A 19ª rodada do Campeonato Brasileiro teve derrotas dos dois líderes, com destaque para a goleada do São Paulo diante do Flamengo no Maracanã, em jogo no qual o goleiro são-paulino Tiago Volpi defendeu dois pênaltis. A vitória do time comandado por Fernando Diniz deixa a questão se o clube paulista está na briga pelo título depois de uma vitória contundente diante do principal favorito e se o placar refletiu o que foi o jogo.

No podcast Posse de Bola #70, os jornalistas Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira analisam o jogo e as respostas que podem ser dadas a respeito do São Paulo e suas pretensões na temporada. Eles também comentam a vitória do Corinthians diante do Internacional, o Fluminense com uma campanha surpreendente, o Palmeiras com a chegada de um técnico português e o Vasco entre os últimos.

Para Juca Kfouri, embora a vitória do São Paulo seja merecida, o placar de 4 a 1 contra o Flamengo não diz exatamente o que foi o jogo, ressaltando a eficácia do time tricolor e as falhas individuais do Flamengo.

"Acho que o placar do jogo não espelhou aquilo que foi o jogo. Um jogo em que um time perde dois pênaltis, está bom, o Tiago Volpi herói, partida épica, inesquecível, histórica, daqui 50 anos lembraremos que um dia no Maracanã o São Paulo meteu 4 a 1 no Flamengo com o goleiro pegando dois pênaltis e dando um passe para gol ainda. Não apenas pegou um pênalti, como pegou o pênalti e o rebote do pênalti do pé do Pedro, quer dizer, uma coisa absolutamente histórica", diz Juca.

"Mas o jogo não foi para ser 4 a 1. O São Paulo teve uma eficácia que não vinha tendo, fez uma partida exemplar, sem dúvida nenhuma, o Flamengo errou demais, principalmente por falhas individuais, mas não houve um jogo cuja a diferença tenha sido de 4 a 1, como, por exemplo, foi aqui em Itaquera o 5 a 1 para o Flamengo contra o Corinthians", completa.

Arnaldo Ribeiro acredita que a irregularidade do São Paulo ainda não permite que o time comandado por Diniz seja colocado na briga pelo título, embora a pontuação seja compatível com a disputa pela liderança.

"O São Paulo é tão irregular que você não consegue colocar e cravar que o São Paulo está na briga pelo título brasileiro, apesar dos pontos levarem a essa possibilidade, pontos conquistados até agora, e algumas boas exibições", diz Arnaldo.

"Em uma parte do campeonato o São Paulo estava somando pontos sem jogar bem, mas já tinha uma gordura boa de pontos e agora está se aproveitando dessa gordura boa de pontos e fazendo jogos melhores", completa.

Já pelo lado do Flamengo, Mauro Cezar Pereira comenta a irritação do técnico Domènec Torrent com pergunta que considerou pertinente a respeito de o time ter uma campanha forte, mas não ter conseguido vitórias diante de seus principais concorrentes no Brasileirão atual, com o empate diante do Inter e derrotas contra Atlético-MG e São Paulo, ambas no Maracanã.

"Contra o Atlético-MG o Flamengo jogou na primeira rodada, gol contra, primeiro jogo dele [Domènec] e o time perdeu muitas chances no começo do jogo, poderia ter até resolvido o jogo no primeiro tempo. Contra o Internacional o Flamengo fez um segundo tempo muito bom, o gol de empate foi nos acréscimos mas já estava mais do que maduro, o Flamengo poderia ter até virado aquele jogo se tivesse feito o empate antes", diz Mauro.

"O desempenho com os times de cima não é realmente dos melhores. O ponto em comum, contra o Atlético-MG o time perdeu muitos gols, contra o São Paulo o time perdeu dois pênaltis, que também é responsabilidade dele, o Bruno Henrique não é batedor de pênaltis", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.