PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Arnaldo Ribeiro: Atlético-MG é favorito com calendário e tensão de Sampaoli

Do UOL, em São Paulo

18/10/2020 04h00

Times treinados por técnicos estrangeiros, Atlético-MG, Internacional e Flamengo chegaram à 17ª rodada do Campeonato Brasileiro com 31 pontos cada, com o Rubro-negro jogando hoje, às 16h, contra o Corinthians, assim como o Colorado, que enfrenta o Vasco às 18h15, enquanto o líder Atlético-MG entra em campo apenas amanhã para enfrentar o Bahia às 20h. De diferencial entre os três, está o calendário, com o clube mineiro tendo apenas o Brasileirão a disputar, diferentemente dos outros dois, que jogam Copa do Brasil e Libertadores.

No podcast Posse de Bola #65, Arnaldo Ribeiro afirma que o Atlético-MG é o favorito a conquistar o título brasileiro que não vence desde 1971, considerando o calendário mais tranquilo em relação aos rivais e também a inquietude do técnico argentino Jorge Sampaoli.

"Eu acho que o Sampaoli, o estilo do Sampaoli, o estilo do conflito a toda semana, do pedir contratação, de reclamar de salário atrasado, reclamar de não sei o quê e tal, ele é um estilo que combina com os pontos corridos. Você manter a alta tensão por 38 rodadas é fundamental para você ser campeão desse negócio, para você chegar até o fim desse negócio", diz Arnaldo.

"Ainda mais jogando uma vez por semana só, porque se o Flamengo e o Inter jogam demais, o Galo joga de menos, e o time que joga de menos com 30 e tantos jogadores, uma vez só por semana, precisa ter algum fogo para manter a toada. Acho ainda que esse empate tríplice tem duas conotações, esse empate na liderança do Campeonato Brasileiro, a confirmação da hegemonia dos técnicos estrangeiros, que já está anunciada desde o ano passado, está claro, está escancarado esse predomínio, e a segunda coisa é que um desses times, um dos candidatos ao título só tem uma frente e isso pode ser decisivo, desequilibrante e mesmo que seja o pior dos times, o que não é, eu acho que o elenco do Atlético-MG está entre o do Flamengo e o do Inter", completa.

O jornalista cita a proximidade do jogo que abre o segundo turno, entre Atlético-MG e Flamengo, como fundamental para que o time de Sampaoli possa voltar a se descolar na liderança e vê a falta de problemas no time atleticano em relação aos de Flamengo e Inter como diferenciais na corrida pelo título até fevereiro.

"O Flamengo talvez tenha passado pela pior fase agora da maratona completa, dos casos de covid e tudo mais, mas o Galo não vai passar por isso. E o Galo tem o confronto com o Flamengo no dia 7 de novembro na sua casa para tentar de novo dar uma descolada, enquanto o Flamengo vai se engalfinhar com a Libertadores, com a Copa do Brasil contra o Athletico-PR, um monte de coisas pela frente", diz Arnaldo.

"Eu ainda acho que não exatamente pela qualidade do time, mas pelo calendário e pelas circunstâncias, o Atlético-MG é o maior favorito a ganhar o campeonato que ele não vence desde 1971. Acho que o Sampaoli é fundamental nessa tensão da frente única", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol