PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Arnaldo: "Diniz conseguiu contra o Palmeiras sua maior vitória em 13 meses"

Do UOL, em São Paulo

13/10/2020 04h00

O técnico Fernando Diniz conseguiu uma virada pessoal na última semana no comando do São Paulo. Pressionado antes do jogo com o Atlético-GO, conseguiu a vitória por 3 a 0 no Morumbi, derrotou o Palmeiras no Allianz Parque, o que o clube ainda não havia conseguido, e manteve o time entre os primeiros do Brasileirão, virando o foco agora para a Copa do Brasil, na qual enfrenta o Fortaleza de Rogério Ceni, ídolo são-paulino.

No podcast Posse de Bola #64, Arnaldo Ribeiro analisa o crédito dado pela diretoria do clube ao treinador e a vitória do São Paulo diante do Palmeiras, resultado que considera o melhor de Diniz em pouco mais de um ano de um trabalho que teve momentos turbulentos, como as eliminações no Campeonato Paulista e na Libertadores.

"Diniz, depois de ter sido não enquadrado, mas ter quase uma intervenção em seu trabalho para rever algumas coisas, inclusive a escalação, ele faz as mudanças no time, o São Paulo vence o Atlético-GO sem tomar gols depois de muito tempo com as mudanças, e aí vence o Palmeiras no Allianz Parque quebrando uma série incômoda, sem tomar gols de novo", afirma Arnaldo.

"Consegue, na verdade, a maior vitória dele em 13 meses de trabalho, vencer um rival na casa dele, coisa que ele poucas vezes conseguiu nesse período todo. A melhor partida do São Paulo como visitante tinha sido contra o Flamengo do Jesus lá atrás, na primeira partida do Diniz. E mais ou menos jogando de alguma forma mais protegida como daquela vez, o Diniz venceu o Luxemburgo e o Palmeiras, e conseguiu, ele reagiu em uma situação de três desafios seguidos", completa.

O terceiro desafio, segundo Arnaldo, é passar pelo Fortaleza na Copa do Brasil, considerando que o técnico Rogério Ceni é quem os torcedores são-paulinos gostariam que estivesse no comando do São Paulo pela condição de ídolo e também com o desempenho que vem conseguindo com a equipe cearense.

"Agora tem o terceiro, que é a Copa do Brasil contra o Rogério Ceni, que é e vai ser sempre a sua eterna sombra, não só porque foi quem foi no São Paulo, como pelo trabalho que faz no Fortaleza. A questão, a comparação é o Diniz treinador e o Rogério Ceni treinador, hoje são essas comparações que são feitas, e agora ele tem o terceiro desafio, se ele passa por esse desafio também, classifica o São Paulo na Copa do Brasil e mantém o time entre os quatro, cinco melhores do Brasileirão, ele vai encerrar o ano e esse mandato como técnico do São Paulo", afirma o jornalista.

"Também porque a diretoria do São Paulo, diferente da diretoria do Corinthians e do Palmeiras, está convicta, isso a gente pode falar aqui com clareza, o Leco, o Raí e o Pássaro estão convictos há muito tempo de que o técnico tem que ser o Diniz custe o que custar e, na verdade, deram uma quarta chance e o Diniz está aproveitando a quarta chance", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol